31.03.2011 | 10h40


Petrobras assume termelétrica de Cuiabá

ADRIELLE PIOVEZAN 16h30
DA REDAÇÃO

Após dois anos de muita expectativa por parte dos revendedores de petróleo do estado do Mato Grosso, a Empresa Produtora de Energia (EPE) e a Petrobras assinaram na tarde de ontem (29), um contrato de locação da Usina Termelétrica de Energia (UTE) Governador Mario Covas de Cuiabá, paralisada desde agosto de 2007 em função da interrupção do fornecimento de gás natural pela Bolívia.

Nesse contrato, a Petrobras assumirá até 2012 a condição de titular da energia gerada pelo empreendimento. Em contrapartida a EPE, conhecida como Pantanal Energia, seguirá à frente da operação e manutenção do empreendimento que pretende recuperar o funcionamento do abastecimento com gás natural Bolívia-Cuiabá.

No acerto, para retomar as operações, a Petrobras ficará responsável por garantir o abastecimento do gasoduto no Estado.

Segundo o revendedor o de Cuiabá, João Marcelo, essa empreitada vai mudar todo planejamento do setor elétrico de Mato Grosso, garantindo mais geração de energia, em consequência, o desenvolvimento.

"A retomada da operação da Usina Termelétrica de Energia (UTE), representa a garantia de confiabilidade elétrica para a baixada cuiabana e a estabilidade no fornecimento," argumenta o revendedor.

O fornecimento de gás à usina termelétrica foi interrompido totalmente no dia 26 de agosto de 2007.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER