11.01.2019 | 09h35


DEU RUIM

Mulher não entende letra de médico e usa creme para ereção nos olhos

Ela se confundiu com nome do medicamento; farmacêutico também não percebeu o erro.



Não é de hoje que nós ouvimos piadas sobre a letra feia dos médicos e como é difícil entender o que está escrito. Apesar do tom de brincadeira, o assunto precisa ser levado a sério pelos pacientes que tiverem dúvidas sobre o conteúdo, já que é perigoso usar um medicamento sem a indicação correta.

Foi o que aconteceu com uma escocesa que acabou passando acidentalmente creme de disfunção erétil em seus olhos que estavam muito secos. O erro aconteceu após ela se confundir com a caligrafia do médico: o creme para ereção é chamado de "Vitaros" e a pomada para os olhos é a "VitA-POS". O caso foi relatado no periódico BMJ Case Reports.

O ingrediente ativo no creme "Vitaros" é o alprostadil, um químico natural que dilata os vasos sanguíneos, aumentando o fluxo de sangue na área. Após ser passado nos olhos, os efeitos foram dor, visão borrada, vermelhidão e inchaço.

Como o remédio é feito para ser aplicado no pênis, é suspeito como nem o farmacêutico tenha questionado o creme prescrito a uma mulher com instruções de aplicação ocular.

Segundo os pesquisadores, este erro prova que é importante fazer um estudo para promover a conscientização de uma prescrição segura e feita com mais atenção.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER