04.04.2011 | 12h32


Indústria e varejo lançam novidades para a Páscoa

DA REDAÇÃO/OGLOBO 20h48

Ovo retangular. Rendado em chocolate. Com folhas de ouro. De sabor laranja, com jeitinho de drops. Não faltou criatividade na indústria e no varejo na hora de lançar as novidades para a Páscoa. Uma nova safra de personagens - e seus brindes - viraram motivo de ovos e prometem encher d'água a boca dos consumidores mirins. Com isso, muitos varejistas esperam uma alta de 30% nas vendas em relação à Páscoa passada.

Para este ano, a Garoto produziu 20 milhões de ovos e renovou 80% do portfólio. Entre as novidades está o Caixa Amarela - que traz chocolate em formato retangular e com bombons. Já a Lacta apresenta seu ovos com dupla camada, como o Sonho de Valsa Trufa Branca e Preta. E a Nestlé, por sua vez, ampliou em 5% a sua produção, fechando a Páscoa com 15 milhões de ovos - entre eles, o novo Suflair, com casca aerada.

As novidades já estão nas prateleiras - e nos tetos - das lojas. Na Lojas Americanas, a expectativa é vender 15 milhões de ovos. Boa parte deles é exclusiva , como o do Woody Woodpecker (Picapau). No Walmart, a aposta está em ovos de marca própria, como os do Shrek, fornecido pela Kraft para a rede, acompanhado de câmera que espirra água. A empresa espera alta de 30% nas vendas frente à Páscoa passada. O mesmo projeta o Grupo Pão de Açúcar, que investe em ovos Qualitá que deixam à mostra o brinde.

- Ao visualizar as opções, crianças e pais podem escolher assertivamente pelo produto que mais gostaram - disse Wellington Juliani, gerente de Desenvolvimento das Marcas Exclusivas do Grupo.

A Páscoa deve animar as vendas fora das grandes redes. A Katz Chocolates, que mais que dobrou sua produção para a data, aposta num ovo de chocolate rendado (R$ 53,90) no Meio Ovo com bombons (R$ 56). Na boutique A2 Ella, em Ipanema, chocolates eróticos podem render uma aumento de 15% nas vendas. A The Bakers lança a caixa de ovos de chocolate (R$ 39,90), que imita uma de verdade. E Denise Marques, dona da Casa do Chocolate de Gramado, do Nova América, está otimista porque este ano praticamente não houve subida nos preços. A expectativa, disse ela, é um aumento de 10% nas vendas em relação ao ano passado:

- A Páscoa é nosso Natal.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER