22.05.2019 | 10h03


IMAGEM FORTE

Flechado no coração e em pulmão, homem sobrevive em caso raríssimo

A flecha de 30,5 centímetros de comprimento, disparada por besta, entrou no meio do mamilo esquerdo, atingindo o ventrículo esquerdo e parte do pulmão esquerdo.



Um homem de 47 anos, morador de Aosta (Itália), está sendo considerado como agraciado por um "milagre". Ele sobreviveu após ser flechado "acidentalmente" no coração e num dos pulmões.

A flecha de 30,5 centímetros de comprimento, disparada por besta, entrou no meio do mamilo esquerdo, atingindo o ventrículo esquerdo e parte do pulmão esquerdo. De acordo com reportagem do "Daily Mirror", os médicos que atenderam o paciente disseram não entender como ele não tivera "morte imediata" ao ser flechado. Pelo contrário, o homem esteve consciente todo o tempo até ser submetido a delicada cirurgia. O caso foi considerado raríssimo.

"Incrivelmente, a flexa varou o ventrículo esquerdo, a mais importante câmara do coração, e ficou cravada no pulmão esquerdo ser provocar a morte imediata", disse um porta-voz do Hospital Molinette, de Turim (Itália), que divulgou imagens do paciente.

A cirurgia sem precedentes, realizada na terça-feira (21/5), foi um sucesso.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER