13.05.2019 | 09h50


SEMPRE POLÊMICA

Damares afirma que princesa Elsa do filme Frozen é lésbica

Fala gravada no ano passado voltou a circular nas redes sociais neste final de semana



Habituada a provocar polêmica por declarações como a de que meninos vestem azul e meninas vestem rosa, a titular do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, voltou a despertar controvérsia neste final de semana.

A razão do novo debate é um vídeo supostamente gravado no ano passado, durante uma palestra em um encontro religioso. As imagens passaram a circular pelas redes sociais neste sábado (11) e acabaram viralizando.

 
 

Em um trecho da gravação, que foi compartilhado pelo deputado federal gaúcho Paulo Pimenta (PT) acompanhado de um comentário crítico (veja abaixo), a ministra sustenta que a personagem Elsa, do filme infantil Frozen: Uma Aventura Congelante vive sozinha por ser lésbica.

Sabe por que ela termina sozinha no castelo de areia...,de gelo? Porque ela é lésbica. Nada é por um acaso. Acredite.  Gente, eles estão armado (sic), articulado (sic). O cão é muito bem articulado, e nós estamos alienados. Aí agora a princesa do Frozen vai voltar para acordar a Bela Adormecida com um beijo gay — declarou Damares, logo depois de ter cantado em tom de deboche um trecho da música-tema do longa-metragem.

Em seguida, Damares conclui a explanação sobre o filme falando sobre um suposto impacto negativo na formação das crianças:

—  Isso aqui é muito grave, sabe por que, gente? Eu fui menina e sonhei em ser princesa. Eu sonhei com meu príncipe encantado. A gente está abrindo uma brecha na cabecinha da menina de três anos para sonhar com princesa. Isso aqui é indução.

Após a publicação do vídeo e a repercussão das declarações, Damares Alves se manifestou em suas redes sociais. Em suas contas no Facebook e no Instagram, a ministra escreveu: "Fui surpreendida com mais esta polêmica que tem como base, novamente, uma pequena parte recortada de um vídeo que foi gravado durante uma de minhas palestras na igreja. Minha critica é conhecida de todos, eu critico é a tentativa de interferência dos ideólogos de gênero na identidade de nossas crianças. Vai um recado: criança não namora! Criança brinca e estuda. Minha posição é contrária principalmente contra a erotização e adultização de crianças. Deixem nossas crianças serem crianças! Que estudem e brinquem sem que ninguém as incentivem a pular fases."  

Depois do assunto vir à tona, parte dos internautas criticou ou ironizou as declarações de Damares atribuindo um caráter homofóbico às falas. Outros saíram em defesa da ministra por meio de comentários nas próprias redes sociais.

Elsa é personagem de um dos filmes de maior sucesso lançados pela Disney nos últimos anos. A produção de 2013, que levou os Oscars de Melhor Animação e Melhor Canção, conta  a história da rainha que tem o dom mágico de criar gelo e neve. Para evitar acidentes decorrentes de seu grande poder, decide viver em isolamento.

Um grupo de fãs começou a manifestar, nos últimos anos, o desejo de que uma continuação do filme mostrasse Elsa como uma heroína lésbica. A diretora da produção, Jennifer Lee, confirmou em entrevistas recentes que integrantes da equipe de produção conversaram sobre essa possibilidade, mas não disse qual deverá ser o destino da rainha no lançamento previsto para novembro.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER