15.07.2017 | 07h55


AMOR AO PRÓXIMO

Corrente com 80 pessoas salva família de afogamento nos EUA

Cerca de 80 pessoas se juntaram em uma espécie de "corrente humana" no meio do mar para resgatar nove pessoas



Uma cena inusitada em uma praia na Flórida, nos EUA, tem chamado a atenção em todo o mundo. No último sábado, 8 de julho, cerca de 80 pessoas se juntaram em uma espécie de "corrente humana" no meio do mar para resgatar nove pessoas que estavam muito afastadas da costa (sendo que seis eram da mesma família).

Ao jornal The Panama City News Herald, Roberta Ursrey, uma das que foram salvas no dia, contou que pensou que iria perder a família naquele dia. "Eu estava tipo, 'Ah, meu Deus, é assim que vou morrer'", disse.

 

Tudo começou quando Roberta avistou dois de seus filhos no mar pedindo socorro, em uma área já afastada da costa. A mãe, o pai, um primo, a avó e mais três pessoas que se solidarizaram nadaram rumo aos pequenos. Porém, ninguém conseguiu se salvar. Os nove à deriva começaram a pedir socorro.

 

Foi aí que o ser humano mostrou que a solidariedade e a gentileza ainda existem.

A banhista Jessica Simons e seu marido perceberam as nove pessoas se afogando. A partir daí, a mulher pegou uma prancha de bodyboard que havia encontrado na areia e nadou em direção à família. Seu marido começou a formar uma corrente humana para ajudar a trazer as pessoas de volta à areia.

Jessica remava e, enquanto isso, a corrente humana aumentava. Cerca de 80 pessoas deram as mãos e alcançaram uma distância de quase 100 metros.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER