11.01.2019 | 10h08


SAÚDE E BEM ESTAR

Abdominoplastia pode melhorar dor lombar e incontinência urinária, indica estudo

oram analisadas 214 pacientes durante 6 meses após a abdominoplastia.



Um estudo realizado por pesquisadores australianos e ingleses descobriu que a realização da abdominoplastia pode ajudar no controle da incontinência urinária e dores nas costas decorrentes de um ou mais partos. A pesquisa foi publicada em março de 2018 na revista "Plastic and Reconstructive Surgery", publicação da Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos (ASPS).

Para análise foram recrutadas 214 pacientes, com uma média de 42 anos e 2,5 partos. A investigação usou questionários validados para dor nas costas e para incontinência urinária, que foram administrados no pré-operatória, após 06 semanas e com 06 meses de pós-operatório.

Na primeira observação foi constatado que 51% das mulheres relataram incapacidade moderada relacionada a dores nas costas no questionário pré-operatório. Enquanto, 42,5% considerava a incontinência urinária uma "preocupação significativa".

Após seis semanas da cirurgia, os resultados mostram que 8% das pacientes ainda apresentavam incapacidade moderada de dor nas costas e apenas 1,6% dizia ainda ter a incontinência urinária. Seis meses depois, o número de pacientes que alegava ter dor nas costas era ainda menor: 3,2%.

Todas as técnicas de abdominoplastia produziram melhorias semelhantes. Como conclusão, os autores afirmam que a abdominoplastia com plicatura do músculo reto abdominal levou a uma melhora significativa nos sintomas funcionais da dor lombar e de incontinência urinária.

O que é a abdominoplastia?

A abdominoplastia é uma cirurgia plástica realizada para retirar o excesso de pele, gordura localizada e proporcionar a recuperação da firmeza dos músculos da região abdominal, resultando em uma barriga mais lisa e tonificada. Esse procedimento também consegue remover as estrias localizadas na região, pois há a remoção de pele.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER