27.03.2017 | 14h24


"NÃO DÊ CARONA AO SONO"

20% dos acidentes de trânsito estão relacionados a cansaço e a sono

Pesquisa mostra que, cerca de 20% dos acidentes de trânsito que ocorrem em todo o país estão relacionados a cansaço e distúrbios do sono



A Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) divulgou o resultado de uma pesquisa alarmante. Cerca de 20% dos acidentes de trânsito que ocorrem em todo o país estão relacionados a cansaço e distúrbios do sono.

Tentando melhorar esses números, a instituição, juntamente com a Academia Brasileira de Neurologia para lançar a campanha “Não Dê Carona ao Sono”. 495 pessoas foram entrevistadas para definir o comportamento e as condições dos motoristas brasileiros. Cerca de 70% dos voluntários afirmaram que tentam dormir entre sete e oito horas por noite, o recomendado por especialistas.

Uma outra pergunta, porém, deixou os pesquisadores preocupados. 60% das pessoas ouvidas disseram que só conseguem ficar na cama de quatro a seis horas diárias, o que prejudica a atenção e os reflexos necessários para dirigir.

Além disso, de cada 10 participantes, sete sentem que não dormiram o suficiente mais de uma vez na semana — quase 40% deles conhecem alguém que já se acidentou na estrada por estar com sono. 60% dos voluntários respondeu que tem o hábito de passar a madrugada em claro. Insônia e sonolência excessiva diurna foram os distúrbios do sono mais citados

Os motoristas contaram que algumas das estratégias usadas para driblar o sono enquanto dirigem são: cantar, ouvir música alta, mascar chiclete e parar para tomar um café. O ideal, no entanto, seria parar o veículo e descansar, além de tentar melhorar a qualidade do sono noturno.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER