02.01.2017 | 21h45


VEJA DEMONSTRATIVO

Mauro Mendes deixa R$ 98 milhões em caixa para Emanuel Pinheiro

A situação é mais confortável do que a encontrada por MM em 2012, quando havia um saldo negativo de cerca de R$ 150 milhões


DA REDAÇÃO

O ex-prefeito Mauro Mendes (PSB) entregou a Prefeitura Municipal para o sucessor, Emanuel Pinheiro (PMDB), com caixa da administração "no azul" - R$ 98 milhões em dinheiro disponível.

O socialista disse entregou o Palácio Alencastro com restos a pagar de R$ 82 milhões, mas, pelo fato de os cofres estarem com R$ 98 milhões, Emanuel terá à disposição R$ 16 milhões ,já no começo de sua gestão, para realizar investimentos.

Os gastos com pessoal, cujo limite prudencial é de 51,30% e o máximo de 54%, chegaram a 47,59%. Já com dívidas o percentual chegou a 47% mais que o dobro do permitido pela LRF

Mendes lembrou que encontrou a Prefeitura em situação bem diferente da que deixou. Havia R$ 195 milhões em restos a pagar e R$ 42 milhões nas contas. Um saldo negativo de mais de R$ 150 milhões. 

“Nós estamos deixando as finanças talvez como muito poucas Prefeituras do Brasil, que foi conseguir saldar todas a dívidas e ainda deixar o caixa no azul. Espero que Emanuel faça bom uso dos recursos, para que ele possa entregar uma Prefeitura melhor do que encontrou”, disse Mauro, pouco antes da solenidade de posse e transmissão de cargo, no domingo (1º), no Centro de Eventos do Pantanal.

O socialista ainda aplicou 29,59% na Saúde e 29,22% na Educação, quando a exigência legal é para que se aplique 15% e 25%, respectivamente.

Um demonstrativo das contas da Prefeitura de Cuiabá mostra que, além do dinheiro disponível, o socialista ainda aplicou 29,59% na Saúde e 29,22% na Educação, quando a exigência legal é para que se aplique 15% e 25%, respectivamente.

Outro dado apresentado destaca o percentual de gastos sem atingir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Os gastos com pessoal, cujo limite prudencial é de 51,30% e o máximo de 54%, chegaram a 47,59%.

Já nas despesas com dívidas, a LRF atingiu 47,00%, quando o máximo é 120%. Esses dados são referentes a um balanço realizado desde 2013 até o final de 2016. 

Veja o demonstrativo das contas divulgado pelo ex-prefeito Mauro Mendes:

Divulgação

Balanço

Dados divulgados pela equipe do ex-prefeito 











(5) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Anderson  04.01.17 10h12
Reportagem interessante, mas deveria ter colocado "O membro do partido socialista"..

Responder

2
0
Nadya Maria Silva   04.01.17 07h48
Fez mais que obrigação, porém não cumpriu o que prometeu em campanha. ... O PSM está pior do que antes, a segurança piorou, o saneamento básico ainda é problema ( este não dá IBOPE para nenhum partido! ) os buracos na cidade pioraram (asfalto de péssima qualidade ),os ônibus continuam sucatas trazidos de outros estados onde a licitação funciona (este é um problema crônico que nenhum Prefeito consegou resolver )! Vamos ver este novo Prefeito. ... Daqui a quatro anos....

Responder

2
6
Dode  03.01.17 22h14
Aguardemos as auditorias...

Responder

2
5
maria isabel escouto   03.01.17 20h48
PARABÉNS MAURO QUE VOCÊ POSSA SER UM EXEMPLO A SER SEGUIDO. DINHEIRO FICOU. QUERO VER QUAL VAI SER A DESCULPA.

Responder

16
1
Douglas  03.01.17 18h54
Guardemos esta informação para daqui 4 anos fazermos uso dela com legítima cidadania. Em meio a uma crise como esta a nossa Cuiabá está de parabéns pela administração de Mauro Mendes. O novo prefeito Emanuel Pinheiro não tem desculpa nenhuma se houver fracasso na sua gestão e esperamos que faça o seu melhor!

Responder

12
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER