27.03.2019 | 14h44


LATROCÍNIO

Radialista passa o dia bebendo com mulher em bar e aparece morto

O corpo da vítima foi encontrado dois dias após o desaparecimento dele já em estado de decomposição.


DA REDAÇÃO

O corpo do radialista José Francisco de Moraes, de 45 anos, foi encontrado em estado de decomposição na tarde de terça-feira (26), em uma região de mata do Distrito União do Norte, em Peixoto de Azevedo (a 692 km de Cuiabá). Ele havia sido visto pela última vez no domingo (24), na companhia de uma mulher, em um bar da cidade, com uma grande quantidade de dinheiro.

Na mesma data da localização do corpo, um casal foi preso acusado pelo crime de latrocínio. Eles foram identificados como Edvaldo Gomes França, 38 anos e Francielma dos Santos, 26 anos.

Um major da Polícia Militar da cidade disse, na tarde desta quarta-feira (27), ao , que era Francielma quem estava na companhia da vítima no último domingo.

Ela foi presa na mesma casa que Edvaldo. O homem foi preso após os policiais encontrarem o celular do radialista no bolso dele.

Ainda conforme testemunhas, o radialista estava bêbado no momento em que se levantou no bar e retirou uma grande quantidade de dinheiro do bolso para pagar a conta. Parte do valor caiu no chão, chamando a atenção das pessoas que estavam no local.

O caso é investigado pela Polícia Civil da cidade.

Leia também

Polícia prende 7 por morte de investigara; Bando roubava carros e joias











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER