09.06.2019 | 18h45


RAÇA INFAME

Quatro são presos acusados de envolvimento na morte de policial civil

O policial aposentado foi baleado ao chegar em casa na manhã deste domingo (09) e se deparar com os bandidos que invadiram sua casa para assaltar.


DA REDAÇÃO

Quatro pessoas, sendo uma menor, foram presas na tarde deste domingo (09) acusadas de assassinar o policial civil aposentado Antonio Boeno de Godoi durante um assalto no Bairro Cristo Rei, em Várzea Grande.

O primeiro bandido a ser detido pela Polícia Militar foi Rudmar de Arruda Silva, de 26 anos. Já outros três presos ainda não tiveram os nomes divulgados. O bando está preso na Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), onde serão ouvidos e podem responder por homicídio doloso.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) analisou o local do crime e um laudo com detalhes do latrocínio será apresentado nos próximos dias.

O policial aposentado foi baleado ao chegar em casa na manhã deste domingo (09) e se deparar com os bandidos que invadiram sua casa para assaltar. O investigador teria se assustado com a presença do bando e se movimentado de forma brusca, momento em que recebeu um tiro. Ele não resistiu ao ferimento e morreu no local.

Godoi foi investigador da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) estava aposentado há três anos.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

R$ 65 MILHÕES

Você é a favor ou contra o corte de Bolsonaro no orçamento da UFMT e IFMT?

Sim, só produzem baderna

Não, vai piorar o nível dos cursos

Sim, a maior parte do gasto é com altos salários de servidores

Não, deveria aumentar os investimentos

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER