19.02.2019 | 16h51


FLAGRANTE

Polícia prende pai e filha que guardavam submetralhadora para facção criminosa

O flagrante é resultado do cumprimento de dois mandados de busca e apreensão em que pai e filha foram presos por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito e permitido.



A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis (212 km ao Sul) apreendeu, nesta terça-feira (19), uma submetralhadora 9mm, munições calibres 9mm e 40, e uma espingarda calibre 22. Ambas as armas estavam com supressor de ruído.

As armas e munições estavam na posse de pai e filha (Nelson Martins e Ingrid Andrade Martins), que foram presos em flagrante por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito e permitido.

O pai seria o dono da espingarda e a filha estaria ocultando a submetralhadora, a pedido de terceiro. A arma foi encontrada enterrada no quintal da casa localizada na região da Vila Operária.

A apreensão é resultado do cumprimento de dois mandados de busca e apreensão, ocorrido em dois locais distintos na cidade de Rondonópolis. No segundo endereço foram apreendidos R$ 4.730 e duas motocicletas.

O delegado Santiago Rozeno informou que as armas, possivelmente, pertencem a membros de facção criminosa.

“Hoje cumprimos dois mandados de busca e apreensão dentro investigações que destinam a combater o crime de organização criminosa”, afirmou.

A ação contou com a participação do Sistema Penitenciário, que efetuou buscas em celas da Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER