12.01.2018 | 17h49


EXECUTADO A TIROS

Polícia prende acusado de matar homem no Residencial Coxipó

W.R.A.S., de 28 anos, foi autuado em flagrante pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), e será apresentado em audiência de custódia.



As Polícias Civil e Militar prenderam, na tarde desta sexta-feira (12), o assassino do ex-presidiário Luiz Rogério Araújo da Silva com quatro tiros, pela manhã, no bairro Residencial Coxipó, em Cuiabá. 

W.R.A.S., de 28 anos, foi autuado em flagrante pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), e será apresentado em audiência de custódia. 

Segundo as informações, ele é apontado como o autor dos disparos que mataram Luiz Rogério, por volta de 5 horas desta sexta-feira. Testemunhas escutaram pelo menos 10 disparos. A PM confirma que ele foi atingido por quatro tiros, não resistiu aos ferimentos e morreu no local do crime.

A prisão foi feita por uma equipe da Polícia Militar, que, em conjunto com investigadores da Delegacia de Homicídios, procurava pelo suspeito descrito por testemunhas no local do crime. 

W.S. foi preso no bairro Jardim Mossoró, local onde mora. 

Segundo os levantamentos, o suspeito foi namorado da irmã da vítima e já foi visto na residência da família.

Durante atendimento da ocorrência, a vítima foi encontrada caída ao solo, em frente de um bar, no bairro Residencial Coxipó. Uma testemunha informou que um veículo prata estacionou na porta do bar. Dois homens desceram e um terceiro permaneceu no carro. Um dos homens foi em direção ao bar, enquanto o outro foi ao banheiro.

Minutos depois, os dois se juntaram no balcão e após breve conversa, um deles foi em direção a vítima e efetuou os disparos. Em seguida, eles entraram no carro e saíram na mesma direção que chegaram.

As investigações continuam para identificação e prisão dos demais envolvidos.

Leia mais

Homem é assassinado com 4 tiros no Residencial Coxipó











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER