09.05.2019 | 11h20


DESVIO DE R$ 30 MILHÕES

Polícia do DF prende em MT acusado de fraudar Banco do Brasil

Três ordens judiciais foram cumpridas em Rondonópolis, sendo uma de prisão preventiva e duas de busca e apreensão.


DA REDAÇÃO

Três ordens judiciais, sendo uma de prisão e duas de busca e apreensão foram cumpridas na cidade de Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá), por policiais civis do Distrito Federal, na manhã desta quinta-feira (09). Os alvos estão envolvidos em um esquema de fraude que deixou um rombo de R$ 30 milhões no Banco do Brasil.

Rondonópolis é a única cidade de Mato Grosso que tem alvos desta operação, denominada Crédito Viciado.

Além destas três ordens judiciais, a Polícia Civil do DF também cumpre ordens nos estados de Pernambuco, Goiás, Minas Gerais,  São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná e no próprio Distrito Federal.

As identidades dos alvos de prisão e busca e apreensão em Mato Grosso não foram reveladas. A Polícia Civil do estado apoia a operação com logística e estrutura na cidade.

O esquema

Entre os alvos da opereção, que ocorre em nove estados, estão dois ex-funcionários do banco estatal e empresários de 11 empresas terceirizadas, que tinham contrato com a instituição financeira para cobrar dívidas de clientes.

Segundo a polícia, quando o cliente do banco quitava a dívida após contato com a terceirizada, o Banco do Brasil, automaticamente, pagava uma comissão. Só que, em alguns casos, o sistema apresentava inconsistência – uma espécie de erro técnico – e o pagamento tinha que ser feito manualmente por um servidor.

Dessa forma, o banco pagava um valor a mais para a prestadora de serviços e "recebia de volta um valor de propina", apontou a investigação.

Os policiais civis identificaram que um dos responsáveis por esse pagamento, à época, chegou a receber R$ 4 milhões em créditos ao longo de dois anos. O investigado foi demitido pelo próprio banco em janeiro. Um outro ex-funcionário também teria recebido R$ 900 mil na conta. 

(Com informações do G1 DF)

Leia mais

Megaoperação prende acusados de desviar R$ 30 milhões em MT e outros oito estados











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER