12.08.2015 | 11h20


USOU REDE SOCIAL

PM prende bandido que deu parabéns a menor por morte de coronel da PM

Bandido também tinha um mandado de prisão em aberto desde agosto de 2012, onde é acusado de roubo à mão armada.


DA REDAÇÃO

O assaltante Adelmo Macedo de Oliveira, de 32 anos, foi preso nesta terça-feira (11), pelo setor de inteligência do 3º Batalhão da Polícia Militar, próximo ao terminal do bairro CPA II, em Cuiabá.

Além de ser foragido da Justiça, desde 2012, Adelmo publicou na rede social ‘Facebook’, da Internet, mensagens parabenizando o menor de 15 anos que matou com tiros na cabeça o tenente-coronel da PM, Helder Wagner Martins, de 38 anos, no sábado (8), na cidade de Sinop (500 km de Cuiabá). “Parabéns menor, esse (referindo ao militar) vai arder no fogo”, disse. (LEIA MAIS AQUI).

Segundo informações do 3º Batalhão, após os posts publicados os policiais passaram a monitorar o acusado e descobriram que ele também tinha um mandado de prisão em aberto desde agosto de 2012, onde é acusado de roubo à mão armada.

Em diligências, o criminoso foi localizado e preso. Aos PM’s, familiares disseram que Adelmo já chegou a ser detido diversas vezes, mas na delegacia, se apresentava com

No início da noite de sábado (8), o tenente-coronel da Polícia Militar, Helder Wagner Martins, de 38 anos, foi baleado na cabeça e no peito durante uma tentativa de roubo à sua casa, em Sinop

documentos do irmão, que não tem antecedentes criminais, e acabam sendo liberado.

MORTE DE CORONEL

No início da noite de sábado (8), o tenente-coronel da Polícia Militar, Helder Wagner Martins, de 38 anos, foi baleado na cabeça e no peito durante uma tentativa de roubo à sua casa, em Sinop. Ele foi encaminhado ao Hospital Regional, mas morreu durante uma cirurgia.

Horas depois a PM conseguiu prender três menores e um homem de 23 anos, acusados de cometerem o crime. Um deles, de 15 anos, confessou ter matado o militar porque a vítima teria tentado reagir.

Ao #reportemrt , o delegado Marcelo Carvalho, da Delegacia de Roubos e Furtos, disse que os bandidos encontraram um boné com o emblema da PM, com isso, Helder teria tentado tomar a arma do bandido. “O menor atirou no militar. A esposa entrou na frente e também foi baleada”, destacou. A mulher está internada em um hospital da cidade, mas não corre risco de morte. O corpo do militar foi velado em Sinop, e enterrado no cemitério Parque Bom Jesus, na capital.

O delegado destacou que os menores serão ‘internados’ em unidades socioeducativas do Estado. O assaltante maior de idade já está detido em uma cela da Penitenciária Ferrugem, na cidade.

Reprodução

tenente

Coronel foi morto na noite do último sábado (8) em Sinop.











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

José  12.08.15 14h42
Terceiro batalhão que prende e postam foto do primeiro, estão sabendo legal!

Responder

0
0
Matéria(s) relacionada(s):

Enquete

R$ 65 MILHÕES

Você é a favor ou contra o corte de Bolsonaro no orçamento da UFMT e IFMT?

Sim, só produzem baderna

Não, vai piorar o nível dos cursos

Sim, a maior parte do gasto é com altos salários de servidores

Não, deveria aumentar os investimentos

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER