07.05.2019 | 14h40


INIMIGO ÍNTIMO

Menina denuncia ter sido estuprada pelo tio aos 9 anos em Várzea Grande

O crime foi descoberto pela mãe da vítima, durante conversa com uma das tias da criança.


DA REDAÇÃO

Uma menina de 11 anos denunciou ter sido estuprada pelo próprio tio, dois anos antes, quando tinha apenas nove anos.

O caso foi registrado em Várzea Grande, na segunda-feira (06), quando a mãe da vítima ficou sabendo do estupro, durante uma conversa com uma tia da criança a quem ela tinha confessado o fato.

Ao ficar sabendo do suposto estupro, a mãe da criança acionou a Polícia Militar, por volta das 17h30.

Quando a PM chegou na casa da vítima, no bairro Jardim Jacarandá, confirmou a denúncia com a garota e a mãe dela.

Após alguns minutos, o tio chegou no local e recebeu voz de prisão. Ele negou que tenha cometido o crime.

Ainda conforme a PM, o tio foi conduzido para a central de flagrantes, onde o caso foi registrado e para prestar esclarecimentos.

Alarmante

Mato Grosso registrou apenas no primeiro trimestre desse ano 342 casos de estupro praticados contra menores de idade. Só a Capital obteve 52 registros desse tipo de crime.

A maior parte dos registros, ocorre dentro da própria casa e os agressores são pessoas do convívio diário, entre eles, os próprios pais, padrastos, tios e avôs ou outras pessoas da família. 

Como Denunciar:

Disk 100
Denúncias de violação de direitos de crianças ou adolescentes, especialmente em casos de abuso ou exploração sexual. A denúncia é anônima e o serviço gratuito.

Disque denúncia PM de Mato Grosso - 0800 653939

 

O serviço é disponibilizado, 24 horas por dia, para que o cidadão faça denúncia de todo tipo de crime de forma gratuita e  completamente anônima 

Leia também

MT registra 342 casos de estupro contra crianças em 3 meses

Policiais flagram homem de 37 estuprando vizinha de 10 anos no quintal de casa











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER