20.04.2017 | 15h10


MATANÇA POR TERRA

Idosos e crianças estão entre as vítimas de chacina no Norte de MT

De acordo com a Polícia Militar de Colniza, o vilarejo, conhecido por disputas agrárias, é distante e de difícil acesso. Agentes se deslocaram para o local.


DA REDAÇÃO

O secretário de Estado e Segurança Pública, Rogers Jarbas confirmou a chacina ocorrida na Gleba Taquaraçu do Norte, que fica a cerca de 300 km de Colniza (distante 1,065 km de Cuiabá). Mulheres, idosos e crianças podem estar entre as vítimas.

De acordo com informações, pelo menos 10 pessoas teriam sido assassinadas por um grupo armado, nesta quinta-feira (20). 

Participam da incursão policiais da 11ª Companhia Independente de Polícia Militar e do 8º Comando Regional. Também estão em deslocamento peritos criminais e um delegado, para dar início nas investigações.

Conforme a reportagem apurou com o 8° Comando Regional da PM, o local é conhecido pela disputa de terras e conflitos agrários – o que pode ter motivado as supostas execuções.

“O que passaram pra gente é que tem dez pessoas mortas e que foi um grupo armado que entrou lá e cometeu esse crime", explica uma soldado da PM.

“O que passaram para a gente é que tem dez pessoas mortas e que foi um grupo armado que entrou lá e cometeu esse crime. Essa região toda é famosa pelos conflitos agrários”, afirmou a soldado Adriana, ao .

De acordo com a PM de Colniza, o acesso no local só é feito por meio de barco e ainda não é possível verificar se a chacina de fato aconteceu.

“A equipe saiu aqui de Colniza para verificar essa situação e provavelmente só vai chegar de madrugada, porque aqui é só estrada de chão. Lá não tem energia, não tem telefone, não tem nada”, explicou o soldado José.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER