10.10.2018 | 10h04


POLÍCIA LIBERTOU

Homem prende mulher em casa, espanca e queima vagina com garfo quente

O agressor foi preso em uma fazenda de Colniza, onde trabalhava. Ele é acusado de deixar a mulher trancada em um quarto durante todo o dia, além de agressões físicas e psicológicas.


DA REDAÇÃO

Uma jovem de 21 anos teve a vagina queimada com um garfo quente em Colniza (1.065 km a Noroeste). A ação bárbara foi cometida por um homem que a mantinha trancada e a torturava com socos e chutes.

A vítima foi liberta em uma ação conjunta entre a Polícia Civil e Militar. O homem, identificado como Maurício Dionísio dos Santos, confirmou as agressões na delegacia, durante depoimento.

O agressor foi preso em flagrante em uma fazenda da região, onde trabalhava. Ele deixava a mulher, com quem tinha um caso amoroso, trancada em um quarto durante todo o dia. Além das agressões físicas e psicológicas, ele também a ameaçava de morte.

A polícia ainda localizou várias munições de calibre 32 na fazenda onde o agressor foi preso. Contudo, nenhuma arma foi encontrada.

Após ser detido, o homem foi levado para a delegacia, onde foi atuado pelos crimes de lesão corporal, maus tratos e cárcere privado.

Denúncias de violência

Violência contra a mulher é crime. É possível fazer denúncias pela Central de Atendimento à Mulher, no telefone 180, ou para a Polícia Civil, pelos números 197 (região metropolitana de Cuiabá) e 181 (interior do Estado).

Leia também

Homem esfaqueia ex-namorada e corta o próprio pescoço na frente da PM

Mulher leva tiro na boca um dia após denunciar ex-marido à polícia











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER