15.04.2019 | 09h10


COLÉGIO CORAÇÃO DE JESUS

Estudante posta fotos com ameaça de massacre e apavora pais de alunos

Em uma imagem com arma em punho, o estudante diz “segunda tem aula hein”. O pai dele diz que foi uma brincadeira de mau gosto e pediu desculpas pelo filho.


DA REDAÇÃO

Um estudante do Colégio Coração de Jesus, de Cuiabá, postou fotos com equipamentos de paintball e assustou pais de outros alunos, que denunciaram o caso neste domingo (14), temendo um massacre na unidade escolar. O pai do adolescente gravou um vídeo de retratação dizendo que chamou a atenção do filho e que o fato não passou de uma brincadeira de mau gosto.

Um delegado confirmou ao , que o pai e o adolescente prestam depoimento na Delegacia Especializada do Adolescente (Dea), na manhã desta segunda-feira (15).

Nas imagens, postadas em um perfil do Instagram, o adolescente aparece ‘fardado’ com os equipamentos de paintball e segurando uma pistola que o pai diz ser de airsoft. Ele afirmou que as postagens eram relacionadas ao esporte, porém, em uma foto do Storie, ele colocou a seguinte legenda: “Segunda tem aula hein”.

Rapidamente os prints começaram a circular pelas redes sociais de pais da unidade de ensino afirmando para não levarem os filhos para a escola, pois no local poderia haver um massacre.

Diante da repercussão negativa, o pai gravou um vídeo ao lado do adolescente explicando que não viu as postagens, se não teria evitado e que tudo não passa de uma brincadeira.

“Também fiquei preocupado com essas postagens e não tinha visto, mas quero tranquilizá-los. Ele é um menino bom e de família. Ele errou e chamamos a atenção dele. Eu comprei os equipamentos e ele resolveu fazer uma brincadeira. Fiquem tranquilos que isso se trata apenas de brincadeira de extremo mau gosto. Se eu tivesse visto antes, isso não teria acontecido”, diz o pai.

O garoto também explicou as fotos. “Todas as postagens que fiz eram relacionadas ao paintball, que eu sou jogador amador. Eu não quis ofender ninguém e nem fazer ameaças de massacre em escola. Só queria pedir desculpas”.

As aulas iniciaram normalmente no Colégio Coração de Jesus, na manhã desta segunda-feira.

A Polícia Civil está na escola em reunião com a direção da unidade e avalia o caso.

O entrou em contato com a unidade de ensino, porém, não obteve retorno até a publicação desta reportagem.

Veja o vídeo

Ameaças em escolas

Os casos de ameaças, em Mato Grosso, e de brincadeiras de mau gosto, relacionadas a ataques,  passaram a surgir após o atentado na Escola Raul Brasil, no município de Suzano, em São Paulo,  que deixou dez mortos e vários feridos.

Na semana após o massacre, 18 jovens e adolescentes foram encaminhados para delegacias em seis cidades de Mato Grosso, por ameaças semelhantes no Estado. A Polícia Judiciária Civil (PJC) e a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) afirmam acompanhar todos os casos de perto e descartaram qualquer ameaça real. A conclusão foi de que todos os casos foram referentes a trotes, os quais os envolvidos atribuíram ser brincadeiras de mau gosto.

Leia mais

18 são detidos em MT por apologia ao terror e ameaça de abrir fogo em escolas

Defesa diz que celular de jovem foi apreendido e nega intenção de massacre

'Grupo Massacre MT' ameaça atacar escolas de VG; Veja imagens

Galeria de Fotos:
Credito:
Credito:
Credito:
Credito:
Credito:
Credito:
Credito:










(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Tatificini  15.04.19 11h23
Os filhos de hoje não são responsabilizados por nada pq os pais agem como seus advogados defendendo uma situação séria dessas como brincadeira de mau-gosto.

Responder

103
5
Rosana  15.04.19 10h34
Isso não é brincadeira de mal gosto, é um caso muito sério, o pai desse aluno dever arcar com as responsabilidades e a escola deve aos pais e a seus alunos um esclarecimento urgente.

Responder

120
15
Bolsonaro  15.04.19 11h52
Rosana! para de fazer tempestade em copa de agua, o guri ja falou que é um brincadeira, e o pai ja retratou em público. Nao inventa moda.

Responder

13
80
Elton  15.04.19 12h07
Foi o que ele fez tonta

Responder

2
40
Julia  15.04.19 13h35
Arcar com as responsabilidades não é postar um vídeo, seu tonto (Elton)...é responder no rigor que a lei querer...cada entendimento raso da coisa...que dá até pena....

Responder

42
2
Junior  15.04.19 16h06
É disso que estamos falando, o Elton sabe tudo: http://www.policiacivil.mt.gov.br/noticia.php?id=19795

Responder

4
1
João  15.04.19 20h39
Foi uma ameaça?

Responder

2
1
ana  15.04.19 15h23
A escola deve um esclarecimento????? PQ? não aconteceu dentro da escola. Melhor dizendo lá é um colegio ne Rosana

Responder

7
9
Catrina  15.04.19 15h53
Ana, a escola tem sim de fazer um comunicado aos pais, formalmente, pois o aluno ameaçou a integridade de todos que lá estudam e trabalham. Há uma relação intrínseca da escola com os pais e responsáveis, regida por contrato, inclusive. Quem desconhece o teor do assunto, no rito da legalidade, só profana descabimentos, como vc, Ana. Ah, só pra constar: Escola é a denominação de qualquer estabelecimento de ensino.Colégio se refere ao ensino médio. portanto, lá cabem as 2 denominações. passe bem,

Responder

25
5
Marcia  16.04.19 05h37
Mal gosto e agressividade que ele herdou do pai ...comprar esses equipamentos é incentivar violência !

Responder

5
2
Matéria(s) relacionada(s):

Enquete

R$ 65 MILHÕES

Você é a favor ou contra o corte de Bolsonaro no orçamento da UFMT e IFMT?

Sim, só produzem baderna

Não, vai piorar o nível dos cursos

Sim, a maior parte do gasto é com altos salários de servidores

Não, deveria aumentar os investimentos

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER