19.04.2017 | 20h01


ZOOFILIA EM CUIABÁ

Estudante 'faz sexo' com cadela e põe vídeo no Facebook; caso gera revolta

A fundadora da Organização de Proteção Animal de Mato Grosso (OPA-MT), Michelle Scopel, vai à Polícia nesta quinta (20), para registrar uma denúncia contra Hemerson Fernandes; zoofilia pode dar até 3 anos de cadeia


DA REDAÇÃO

Um vídeo que circula nas redes sociais nesta quarta-feira (19), mostra o "estudante", Hemerson Fernandes, fazendo sexo com uma cadela dentro de um banheiro, supostamente na casa onde mora no Jardim Industriário, em Cuiabá. O vídeo foi gravado pelo próprio "estudante".

Nas imagens, é possível ver que Hemerson  elogia a “atuação” da cadela e ainda afirma que o animal está no cio (período que se prepara para procriar).

“Isso que ele fez foi uma monstruosidade com um animal indefeso que não tem pra onde correr.  Espero que as autoridades façam alguma coisa e não deixem esse monstro livre. Isso é um crime"

“Para os amigos que ainda não tinham visto o meu vídeo, essa é a minha cachorra ‘Branquinha’. Ela sempre aguenta tudo. É impressionante, ela aguenta tudo. Muito gostosa. Ela está no cio. Gostosa demais”, disse o estuprador, enquanto cometia absuso contra o animal.

A fundadora da Organização de Proteção Animal de Mato Grosso (OPA-MT), Michelle Scopel, ficou revoltada com as cenas e vai registrar uma denúncia contra Hemerson na delegacia.

“Isso que ele fez foi uma monstruosidade; um animal indefeso que não tem pra onde correr. Nós iremos até a Delegacia de Meio Ambiente (Dema) registrar uma denúncia contra ele. Espero que as autoridades façam alguma coisa e não deixem esse monstro livre. Isso é um crime. Ele não pode ficar impune”, disse ao .

Michelle acredita que Hemerson também cometia o mesmo crime contra outro animal. “Já tivemos acesso ao vídeo e às fotos que mostram a cadelinha sendo 'estuprada', com certeza, não foi só contra essa cachorra porque, pelo que a gente viu no ‘Facebook’ dele, tem outros animais que a gente crê que ele também faz isso. Ele mesmo fala no vídeo que ela aguenta bem e isso me faz entender que ele faz isso sempre. Estou passando mal desde quando eu vi o vídeo”, concluiu.

Após o vídeo viralizar nas redes sociais, o acusado excluiu a sua conta no Facebook, mas antes, a reportagem fez prints. 

O caso será apurado pela Polícia Civil, por meio da Dema.

Hemerson Fernandes deve ser enquadrado na Lei 9.605/98, que versa sobre maus-tratos e engloba a zoofilia (sexo com animais).

A pena é de 1 a 3 anos de prisão, mas pode ser convertida em medidas alternativas.











(5) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Jacqueline  21.04.17 19h07
ERA BOM COLOCAR UM CAVALO BEM RAÇUDO PRA SATISFAZER AS VONTADES DESSE MONSTRO.RAPIDINHO ELE IA APRENDER A FICAR NO LUGAR DA ÉGUA RAPIDINHO.

Responder

49
3
Pardal  21.04.17 12h44
Isso que ele fez é Pecado, tem que pedir perdão a Deus, e porque não arrumou um cachorro para a cadela, se ela estava no cio? Tem que fazer um tratamento psicológico e espiritual, para não cometer outros pecados e crimes.

Responder

42
11
Fernanda Santos  21.04.17 03h14
Esse gajo devia de ser preso para sempre.. é um monstro!!!

Responder

77
12
Aline   20.04.17 23h13
O pior de tudo que nessas porcarias de "leis" do Brasil, apena pode ser convertida em médias, tem q por ele na cadeira esse lixo, virar mulherzinha de bandido, desgraçado, infeliz, nessas hrs qria ser um polícial ou bandido pra pegar um verme desse

Responder

99
8
Paula  20.04.17 23h07
Faz sexo??? Fazer sexo é quando há consentimento... Isso é ESTUPRO! E é o que vai acontecer com esse ser na cadeia.

Responder

101
8

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER