16.03.2017 | 08h10


RELAÇÕES PERIGOSAS

Estudante de Direito é morta a facadas; namorado é principal suspeito

Em relatos aos policiais, os vizinhos disseram que o namorado da vítima chamado de "Luiz' foi a última pessoa que foi vista saindo da casa da estudante


DA REDAÇÃO

A estudante universitária Ivone Oliveira Gomes, 24, foi assassinada a facadas dentro de sua casa, na noite de quarta-feira (15), no bairro Osmar Cabral, em Cuiabá.

"Os vizinhos disseram que ela chegou acompanhada de seu namorado conhecido por ‘Luiz’. Eles nos disseram que ele ficou na casa cerca de 10 a 20 minutos. Ele teria sido a última pessoa a deixar a casa. Mas ainda é cedo para apontarmos qualquer linha de investigação”, disse um policial ao RepórterMT.

O crime teria acontecido por volta das 23 horas. De acordo com o relato dos vizinhos, Ivone foi vista chegando com o namorado no local, minutos antes crime. As testemunhas disseram que ele foi a última pessoa a sair da casa da estudante.

Em seguida, os moradores ouviram gritos vindo da casa da estudante e foram até a base de segurança do bairro São João Del Rey para relatar que havia uma mulher bastante ferida no local.

Uma equipe policial esteve no endereço e encontrou a estudante deitada na cama de seu quarto, com o corpo ensanguentado.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), chegou a ser acionada, mas a morte da estudante foi confirmada logo depois pelos paramédicos.

Peritos criminalistas e policiais civis da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), foram até o local para dar início às investigações.

“Quando chegamos até a casa da vítima, os vizinhos disseram que ela chegou acompanhada de seu namorado conhecido por ‘Luiz’. Eles nos disseram que ele ficou na casa cerca de 10 a 20 minutos. Ele teria sido a última pessoa a deixar a casa. Mas ainda é cedo para apontarmos qualquer linha de investigação”, disse um policial ao .

Policiais militares saíram em buscas pela região, mas até o fechamento desta edição, o assassino não havia sido localizado.

O corpo de Ivone foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), para procediementos.

O caso será investigado pela Polícia Civil. 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER