14.05.2019 | 13h44


REQUINTES DE CRUELDADE

Corpo de homem é encontrado decapitado e de joelhos no interior

A vítima era usuária de drogas e foi golpeada oito vezes com faca antes de ser decapitada.


DA REDAÇÃO

O corpo de Francisco Natanivan Furtado de Sousa, de 26 anos, foi encontrado degolado, na manhã desta terça-feira (14), na Rua Zé Doca, no bairro Jerusalém, em cidade de Peixoto de Azevedo (691 km de Cuiabá).

Segundo a Polícia Judiciária Civil, o corpo estava posicionado de joelhos, encostado a um barranco, com a cabeça quase solta do pescoço e foi localizado por volta das 06h30.

A mulher dele informou que o companheiro era usuário de drogas. Ela alegou não ter conhecimento de nenhuma desavença que pode ter ocasionado o crime.

Disse que não via o marido desde a tarde do dia anterior (13).

A equipe da Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) em análises preliminares apurou que o pescoço de Francisco deve ter sido cortado por uma faca.

A vítima foi golpeada oito vezes com faca, na região do tronco, antes de ser decapitada com requintes de crueldade.

A Polícia Civil investiga o caso. Nenhum suspeito foi preso ou identificado até o momento.

Leia mais:

Corpo decapitado em Cuiabá é de homem de SP para trabalhar

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

R$ 65 MILHÕES

Você é a favor ou contra o corte de Bolsonaro no orçamento da UFMT e IFMT?

Sim, só produzem baderna

Não, vai piorar o nível dos cursos

Sim, a maior parte do gasto é com altos salários de servidores

Não, deveria aumentar os investimentos

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER