21.04.2017 | 09h47


NA ALA FEMININA

Briga entre infratoras do Pomeri deixa agente e menor feridas

De acordo com o boletim de ocorrência, duas infratoras estavam armadas e agrediram uma rival. Após perceber a confusão, a agente socioeducativa interveio e só assim as agressões pararam



Uma agente socioeducativa e uma menor infratora ficaram feridas, após uma briga entre internas na noite de quinta-feira (20), na ala feminina do Complexo do Pomeri, no Centro Socioeducativo de Cuiabá.

O fato aconteceu por volta das 18 horas. De acordo com o boletim de ocorrência, duas infratoras estavam armadas e agrediram uma rival. Após perceber a confusão, a agente socioeducativa interveio e só assim as agressões pararam.

Os militares informaram que elas estavam com um pedaço de madeira com parafusos.

A infratora teve ferimentos na cabeça e no pescoço e precisou ser encaminhada para uma unidade médica. No entanto, não há risco de morte. Já a agente teve apenas alguns hematomas e arranhões no corpo.

As agressoras foram encaminhadas para o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc), do bairro Planalto.

No local, elas disseram que o motivo da briga teria sido porque a menor agredida as denunciou à diretoria.

O caso será investigado pela direção da unidade. 

Outro caso

Na terça-feira (18), menores infratores do Complexo do Pomeri renderam e tentaram assassinar um agente socioeducativo, em uma das celas do Centro Socioeducativo de Cuiabá.

O fato aconteceu por volta das 21h30. De acordo com o boletim de ocorrência, o agente realizou a última distribuição de água na ala “A”, quando foi chamado por um dos menores, que disse que queria conversar.

Após o pedido, o servidor foi até a cela. Ao chegar ao local, o menor jogou água no rosto do agente e o prendeu no local com apoio de outro infrator.

Em seguida, os menores feriram o agente com o uso de armas artesanais feitas com cabo de vassoura e ferro.

Leia mais

Menores infratores tentam matar agente no Complexo do Pomeri











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER