13.01.2018 | 09h50


TERROR EM MT

Bandidos invadem casa, torturam família e afogam criança na privada

De acordo com a Polícia Militar de Nova Mutum, os criminosos abordaram a família, que chegava em casa. Um deles estava armado. O crime ocorreu na quarta-feira (10), porém só foi divulgado na sexta-feira (12).


DA REDAÇÃO

Quatro bandidos invadiram uma casa e fizeram 10 pessoas da mesma família de reféns, por aproximadamente três horas, no bairro Arara Azul, em Nova Mutum (241 quilômetros de Cuiabá). Dois menores que participaram do crime foram apreendidos.

De acordo com a Polícia Militar da cidade, os criminosos abordaram a família, que chegava em casa. Um deles estava armado. O crime ocorreu na quarta-feira (10), porém só foi divulgado na sexta-feira (12).

“Eles entraram na casa ameaçando as vítimas, usaram cinto e fios para amarrar os familiares e, com requintes de crueldade, agrediram as vítimas exigindo dinheiro e joias”, disse um policial, ao .

Os bandidos teriam jogado refrigerante e inseticida no rosto das pessoas, além de terem mergulhado a cabeça de uma criança dentro do vaso sanitário, dando descarga várias vezes.

“Enquanto uns reviravam a casa, os outros mantinham as vítimas de reféns. Eles fizeram até lanche dentro da casa”, contou o PM.

Os criminosos fugiram após roubarem comida, roupas, joias, dinheiro, celulares e aparelhos eletrônicos.

Após a fuga dos bandidos, a família conseguiu se soltar e pedir socorro.

Segundo informações, uma das vítimas é um policial militar do Estado de Minas Gerais, que estava de férias em Nova Mutum. Ele foi bastante agredido e encaminhado para o hospital municipal, onde passou por atendimento médico.

No dia seguinte ao crime, dois menores envolvidos no crime foram apreendidos. A Polícia Civil investiga o paradeiro dos demais assaltantes.

 

 

 

 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

CLAUDIO  15.01.18 13h24
Lamentável até quando vamos conviver com isso só tem uma solução pena de morte a esses bandidos e marginais mas como estamos no País da impunidade serão ouvidos e soltos para infernizar a vida de outras famílias de bem !

Responder

4
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER