12.06.2018 | 15h46


ABSURDO

Aluno dá soco no rosto de professor dentro de escola em Cuiabá

A Secretaria Estadual de Educação informou que a gestão da escola adotou os procedimentos necessários e os pais do aluno foram convocados


DA REDAÇÃO

Um aluno da Escola Estadual Raimundo Pinheiro da Silva, foi detido após agredir o professor de Filosofia com um soco no rosto, na tarde desta terça-feira (12), no bairro Shangri-lá, em Cuiabá.

De acordo com informações, o aluno teria reagido com agressividade ao ser flagrado jogando baralho e ser retirado da sala.

O aluno foi levado para a coordenação da escola e, quando voltou, passou a ameaçar o professor, que reagiu dizendo que iria chamar a polícia, momento em que o aluno o agrediu.

A Polícia Militar foi acionada e conduziu o adolescente para uma cela especial, enquanto aguardava a presença dos pais e do Conselho Tutelar.

Por meio de nota, a Secretaria Estadual de Educação (Seduc-MT) informou que a gestão da escola adotou os procedimentos necessários e os pais do aluno foram convocados para acompanhar o caso. A Seduc informou que deve transferir o aluno de unidade escolar por conta de ser recorrente o comportamento indisciplinar do adolescente.

Leia a nota da Seduc na íntegra:

 

A coordenação da escola não quis se pronunciar sobre os fatos.

Sobre a ocorrência na EE Raimundo Pinheiro, a Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) informa:

1 – A gestão da unidade escolar adotou todos os procedimentos necessários, seguindo o regimento interno da escola;

2 – Os pais do aluno foram chamados na unidade e informados sobre o ocorrido e as consequências do ato do estudante;

3 – Como já havia histórico de comportamento indisciplinar do aluno, a gestão da escolar tomou a decisão, em último recurso, de acordo com o regimento, de promover a transferência do mesmo para outra unidade da rede;

4 – Seguindo os procedimentos, um boletim de ocorrência na Polícia Civil foi registrado pelo professor para que sejam apurados os fatos;

5 – A Seduc lamenta o ocorrido e destaca que está acompanhando o andamento das investigações e dando suporte ao servidor e à família do estudante.











(5) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Carla  15.06.18 20h19
Esse aluno tem que levar em uma coça dos pais dele aqui devia ter uma unidade militar igual nos Estados Unidos pra ensinar pra esse tipo de pessoa o certo

Responder

0
0
Rui Pimentinha  13.06.18 18h28
Aplauso para a decisão do órgão de gestão da escola e para a nota à imprensa da Secretaria de Estado da Educação. Se fosse aqui em Portugal, onde casos destes e até mais gravosos, proliferam nestes últimos tempos, depois da esquerda caviar ter tomado de assalto o poder com a golpada de Novembro de 2015, quem ia de cana era o desgraçadinho do professor para aprender a não ser "bufo" denunciando o aluno infractor ao Director da escola". E, se tivesse sorte, daqui a 10 anos tinhamos o caso devidamente encerrado. Aí no Brasil a justiça é célere, como deve ser. Em Portugal a escola pública deixou de ser um espaço seguro, justo e democrático. O Brasil tem dado a Portugal verdadeiras lições do que deve ser uma DEMOCRACIA JURÍDICA.

Responder

5
0
JOHN DOE  13.06.18 09h05
Infelizmente é o reflexo de uma lar desestruturado, onde os pais, boçais que são, se furtam de educar seus filhos, acreditando ser um dever do Estado. Seria interessante, se os pais fossem processados e condenados a prestar serviços a comunidade durante 01 ano, principalmente em escolas, assim como o filho. Minha vó sempre dizia " respeite seu professor como se fosse seus pais", isso é o que eu ensino em minha casa.

Responder

22
1
Silva  13.06.18 06h50
Quer jogar baralho? Vai jogar na caixa do baralho sem b com c!!! Professor ganha uma miséria e ainda leva porrada?!

Responder

22
0
Raquel  13.06.18 05h35
Triste noticia. O professor esta ali pra ensinar e é agredido fisicamente. O aluno q ja tem comportamento agressivo, sera transferido de escola. Será enviado o problema para outra unidade educacional? Cade a educaçaoe o respeito que a familia deveria ensinar? O proximo a levar o soco sera a familia ( se ja nao levou). Penso que A Familia hoje em dia nao sabe executar seu papel...

Responder

28
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER