12.08.2017 | 10h16


ALUCINADOS

Advogado e guarda municipal invadem casa armados e ameaçam moradores

O advogado tentou agredir uma moradora e a ameaçou se dizendo integrante da facção criminosa Comando Vermelho. Ele e o guarda estavam armados com duas pistolas e fugiram do local, após não localizar o suposto criminoso.


DA REDAÇÃO

O advogado C.R., 41 anos, e o guarda municipal A.D.D.A., de 40 anos, foram presos após invadirem armados uma casa, no Centro de Várzea Grande, na madrugada deste sábado (12). De acordo com a Polícia Militar, eles estavam atrás de um homem que havia furtado uma pasta de dentro de um carro, que estava estacionado em frente ao escritório do advogado.

Conforme o boletim de ocorrência, o advogado tentou agredir uma moradora e a ameaçou se dizendo integrante da facção criminosa Comando Vermelho. Ele e o guarda estavam armados com duas pistolas e fugiram do local, após não localizar o suposto criminoso. As vítimas acionaram a PM e indicaram onde seria a casa de C.R.

Ao chegar ao local, os policiais constataram que estava tendo uma festa. As testemunhas disseram que apenas que alugaram o local e que não conheciam o advogado, porém, os agentes conseguiram entrar na casa e identificar que havia um acesso direto ao escritório do profissional.

De acordo com a PM, ele foi localizado em um dos cômodos, fingindo estar dormindo e apresentando sinais de um "pó branco" no nariz. O advogado passou então a agredir os PMs verbalmente e se trancou em um dos cômodos com o guarda municipal. Ele também teria acusado os PMs de estarem furtando objetos dentro da casa.

As vítimas que foram ameaçadas e tiveram a casa invadida, reconheceram o advogado e o guarda municipal como sendo os dois invasores armados. As armas usadas na ação não foram localizadas. 

O advogado e o guarda foram algemados e encaminhados para Central de Flagrantes da cidade, onde o caso foi registrado como ameaça, violação de domicílio, desobediência, resistência e porte ilegal de arma de fogo.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER