09.08.2018 | 15h30


POR UNANIMIDADE

Vereadores de Cuiabá aprovam contas da gestão Mauro Mendes

Contas do último ano de gestão do ex-prefeito foram votadas somente nesta quinta-feira (09), pelo Legislativo municipal.


DA REDAÇÃO

A Câmara Municipal de Cuiabá aprovou, por unanimidade, as contas do último ano da gestão do ex-prefeito Mauro Mendes (DEM) nesta quinta-feira (09). A votação teve 24 vereadores a favor da aprovação, sendo que o presidente da Câmara, vereador Justino Malheiros (PV), esteve ausente e não votou.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) havia dado um parecer favorável à aprovação das contas de 2016 da gestão de Mendes. Os conselheiros aprovaram o relatório do conselheiro Luiz Henrique Lima, que apontou bons índices na Saúde e na Educação do município. O parecer do TCE foi dado em dezembro de 2017 e as contas de Mendes estavam aptas a serem votadas pela Câmara desde o início deste ano.

O ex-prefeito é candidato ao Governo do Estado nas eleições de outubro e deve enfrentar o governador Pedro Taques (PSDB), eleito em 2014 e que tenta a reeleição neste ano. Os dois foram aliados enquanto Mendes esteve à frente da Prefeitura. A questão foi lembrada pelo vereador Abílio Júnior (PSC).

"Nos dois primeiros anos do Mauro Mendes não teve muita relevância. Busque o que ele fez nos dois primeiros anos, na gestão Silval Barbosa. Colocou um monte de tapume e escondeu o VLT que ele não cobrou para ser executado. Nos dois primeiros anos, ninguém queria brigar com o Silval. O prefeito fez vista grossa”, disse na tribuna Abílio Júnior.

“Ao aprovar por unanimidade as contas de 2016 do Mauro Mendes, a gente acaba de dividir a gestão dele em duas partes: antes e depois de Pedro Taques. Ele foi um marco na história do prefeito Mauro Mendes dentro de seu Governo. Nos dois primeiros anos do Mauro Mendes não teve muita relevância. Busque o que ele fez nos dois primeiros anos, na gestão Silval Barbosa. Colocou um monte de tapume e escondeu o VLT que ele não cobrou para ser executado. Nos dois primeiros anos, ninguém queria brigar com o Silval. O prefeito fez vista grossa”, disse na tribuna Abílio Júnior.

O vereador continuou, fazendo uma provocação à rivalidade que se formou para as eleições deste ano. “Então, eu gostaria de parabenizar o Mauro Mendes pelos dois anos de mandato em parceria com o Pedro Taques. É isso que é unanime na sua aprovação. Porque se fossem mais dois anos de Silval Barbosa, ele seria lembrado como um prefeito que nada fez”, afirmou.

O vereador Gilberto Figueiredo, que foi secretário de Educação na gestão de Mendes, falou em nome do ex-prefeito. “O prefeito Mauro Mendes reconhece e compartilha com todos os senhores os méritos de sua gestão. A grande avaliação positiva de sua gestão, sem dúvida nenhuma, é o resultado de um trabalho colegiado. Não é um mérito específico do prefeito”, disse Gilberto.

Leia mais

Mauro Mendes promete solução para o VLT em 1 ano de mandato

Mauro Mendes chama governador de deplorável











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER