19.04.2019 | 14h00


VAGA DE SELMA

'Tive o dobro de votos disputando contra 11 candidatos', diz Fávaro sobre enfrentar Taques

Os dois políticos foram grandes aliados, mas, agora, estão na eminência de disputar novas eleições ao Senado em lados opostos.


DA REDAÇÃO

O presidente regional do PSD, Carlos Fávaro, disse que não tem medo e muito menos constrangimento de enfrentar o ex-governador Pedro Taques (PSDB) nas urnas, numa eventual disputa ao Senado, caso a cassação do mandato da ex-juíza Selma Arruda (PSL) seja confirmada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Fávaro – que foi vice de Taques – disse que nutre grande respeito pelo tucano, mas que atualmente os dois caminham em lados opostos na política. Além disso, acredita que teria muito mais votos que o ex-governador ao considerar o resultado das eleições gerais do ano passado.

“Já disputamos contra ele e as urnas mostraram isso. Ele como candidato a governador e eu para ao Senado. Ele disputou com seis candidatos ao Governo e eu com 11 a senador, fiz praticamente o dobro de votos dele”, disparou.

“Já disputamos contra ele e as urnas mostraram isso. Ele como candidato a governador e eu para ao Senado. Ele disputou com seis candidatos ao Governo e eu com 11 ao senado, fiz praticamente o dobro de votos dele”, disparou.

Reforçou que o compromisso com o Taques terminou faz tempo, no momento em que ele renunciou ao cargo de vice-governador.

“Tive uma decepção pela maneira como ele conduziu o Estado. Não estava confortável para continuar dentro do grupo dele. Não só eu como quase todos da nossa chapa, como Mauro Mendes, Pivetta, Zeca Viana...”. 

Fávaro ressaltou ainda que se sente muito habilitado para disputar uma nova eleição. “Se ele [Taques] se sente do mesmo jeito, vamos disputar o pleito de forma democrática”.

À imprensa, o ex-governador já afirmou que está em outro momento de sua vida e não pretende discutir herança de pessoa viva. 

Cassação de Selma

No último dia 10 de março, a senadora Selma Arruda (PSL) foi condenada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), por unanimidade, pelo crime de caixa 2 e abuso de poder econômico durante a campanha eleitoral de outubro do ano passado.

Com isso ela teve o mandato cassado e perdeu os diretos políticos por 8 anos. No entanto, a decisão ainda cabe recurso no TSE. Mas se a Corte manter a condenação, a Justiça Eleitoral será obrigada a fazer eleições suplementares para preencher a vaga, já que Mato Grosso não pode ficar com um senador a menos em votações de matérias no Congresso Nacional. 

Nesse cenário, Fávaro desponta como o candidato favorito já que nas eleições ficou em terceiro lugar na disputa, com 434.972 votos. Ele conta com apoio do atual governador (Mauro Mendes) e de parte da cúpula do MDB.

Leia mais

Selma tem mandato cassado pelo TRE; juíza diz que vai recorrer e provar boa fé

Fávaro diz que eleição de Selma foi desleal e admite querer vaga

 

 

 











(5) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Luiz Mario Da Silva   20.04.19 17h38
Eu votei em vc mas vc fala muito Borracha vc nunca ganhou nada e quer queimar seu aliado vc é cúmplice pelo estado tá passando por uma crise dessa vcs soa todos iguais

Responder

1
0
Pedro Junior  20.04.19 08h06
Fávaro sevetia respeitar o resultado das urnas. Selma deu um show de votos e caso não consiga reverter o tapetão, rla elegerá quem apontar. A vergonha vai ser maior ainda à Fávaro e Taques.

Responder

2
1
Arildo  19.04.19 20h40
Esse aí se disputar 10 perde 11, o espírito do procurador baixou nele, kkkkk

Responder

4
0
Paulo de almeida  19.04.19 18h33
Paulo de almeida, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas

Carlos Nunes  19.04.19 17h11
Ih! Quase que tio Saka deu a vaga de Senador, na bandeja, pro tio Fávaro...foi por um triz que não tivemos um novo Senador...escapamos dessa por um triz. Espero que o TSE mantenha a Juíza SELMA no mandato de Senadora por Mato Grosso, e não dê a vaga de Senador pro tio Fávaro coisa alguma.

Responder

6
0
Matéria(s) relacionada(s):

Enquete

R$ 65 MILHÕES

Você é a favor ou contra o corte de Bolsonaro no orçamento da UFMT e IFMT?

Sim, só produzem baderna

Não, vai piorar o nível dos cursos

Sim, a maior parte do gasto é com altos salários de servidores

Não, deveria aumentar os investimentos

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER