08.11.2018 | 14h30


R$ 2,5 MILHÕES

Taques só arrecadou metade do que gastou em campanha

O governador Pedro Taques gastou R$ 4, 7 milhões, mas só conseguiu arrecadar R$ 2, 5 milhões.


DA REDAÇÃO

O governador Pedro Taques (PSDB) gastou mais da metade do que conseguiu arrecadar durante sua campanha à reeleição.

Segundo informações prestadas à Justiça Eleitoral em Mato Grosso, o tucano recebeu o montante de R$ 2.548.075,00 e teve de despesas contratadas na ordem de R$ 4.750.938,66. Ou seja, usou R$ 2 milhões a mais do que o arrecadado.

O maior doador de Taques foi a direção nacional do seu partido que injetou R$ 1,5 milhão. Orlando Polato (R$ 200 mil), Carlos Ernesto Augustin (R$ 100 mil), Adeir Rostirolla (R$ 75 mil) e Rubens Ometto Silveira Mello (R$ 50 mil) também contribuíram com o então candidato.

Até agora foram quitados R$ 2.404.475,05. A produção de programas de rádio, televisão custaram ao governador R$ 2.004.974,22, seguido de serviços prestados por terceiros, R$1.063.870,00. Despesas com transporte ou deslocamento alcançaram os R$ 293.104,00.

A Monkey Filmes foi a empresa que mais recebeu dinheiro, quase R$ 934. A MT360 Consultoria e Comunicação ficou com R$ 700 mil e o escritório de advocacia Ferreira e Silveira - Advogados Associados obteve R$ 400 mil. 

Neste ano, os candidatos ao Governo tiveram o limite de gastos no valor de R$ 5,6 milhões.

Leia mais

Mauro investiu 'apenas' R$ 17 mil do próprio bolso em campanha para governador

Principais doadores de Taques são empresários do agronegócio











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Pensador  08.11.18 23h57
Segundo uma consulta ao portal “Divulgando Contas” – ferramenta virtual do TSE que apresenta informações sobre os políticos que registraram candidatura nas eleições de 2018 -, o governador Pedro Taques possui um apartamento avaliado em R$ 361,7 mil além de R$ 2,2 mil em conta corrente. Em 2014, o então candidato ao Governo tinha declarado um apartamento de R$ 800 mil, um carro Citroen C4 no valor de R$ 63 mil e uma caminhonete Hillux SW4 de R$ 100 mil, além de R$ 35 mil em sua conta corrente. Vai ser quase impossível pagar essa conta, E o pior o Ciro que queria acabar com o SPC,,,, ficou pelas estradas das urnas e se perdeu,kkk

Responder

0
0
Carlos Nunes  08.11.18 17h20
No final da novela, tio Taques vai chegar a seguinte conclusão: Era melhor ter continuado como Senador por Mato Grosso...querer ser Governador foi um mal negócio. Depois que sair do Governo, e acabar a blindagem do cargo, vai ter que responder à delação do Malouf, a do Permínio, sobre os Grampos, sobre as Pedaladas...Sem a blindagem, vai aparecer até mais delatores premiados contando estórias. Vai ficar com a dívida da campanha pra quitar, nem vai ter a pensão como Governador, pois o Supremo cortou.

Responder

1
0

Enquete

O Governo de Mauro Mendes vai ser melhor ou pior que o de Pedro Taques?

Melhor

Pior

Iguais

Não sei

  • Parcial Votar

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER