13.03.2018 | 12h30


RUMO À ASSEMBLEIA

Secretário Kleber Lima diz que vai deixar staff ainda em março

Kleber garante que ainda não decidiu se vai disputar ou não uma cadeira na Assembleia Legislativa, porém afirma que vai deixar a pasta que comanda até o dia 29 de março.


DA REPORTAGEM

O ex-secretário de Comunicação e atual gestor estadual da Cultura, Kleber Lima, decidiu trocar o PCdoB pelo Solidariedade nesta terça-feira (13). 

Kleber garante que ainda não decidiu se vai disputar ou não uma cadeira na Assembleia Legislativa, porém afirma que vai deixar a pasta que comanda até o dia 29 de março, prazo dado pelo governador Pedro Taques (PSDB) aos membros do primeiro escalão que pretendem disputar um cargo eletivo no pleito deste ano.

"A única decisão que eu já tomei é de trocar o PCdoB pelo Solidariedade. Desde 1985, foi o único partido que tive. Sobre a candidatura, é um desejo do partido, eles me convidaram, mas é uma decisão que eu ainda vou tomar, no tempo certo, até agosto. Até lá eu entro como militante. Devo me desincompatibilizar da secretaria ate o dia 29 de março, que é o prazo que o governador deu", afirmou.

Kleber justificou a mudança de sigla por acreditar na forma como o presidente regional do Solidariedade, prefeito de Rondonópolis Zé Carlos do Pátio, tem conduzido o partido.

"Troco de partido por acreditar na liderança do prefeito Zé Carlos do Pátio. Acho que ele tem um perfil de liderança que representa o que eu imagino, preocupado com o coletivo, sem abrir mão dos princípios que eu abracei quando me filiei no PCdoB há 33 anos", concluiu Kleber Lima. 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

O Governo de Mauro Mendes vai ser melhor ou pior que o de Pedro Taques?

Será melhor

Será pior

Será igual

Não sei

  • Parcial Votar

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER