11.07.2018 | 17h44


ELEIÇÕES 2018

Presidente do PDT confirma Otaviano Pivetta como vice de Mendes

Conforme Zeca Viana, o espaço de vice na chapa foi a principal condição para que o PDT recuasse da candidatura majoritária ao Governo.


DA REDAÇÃO

O presidente do PDT Mato Grosso, deputado Zeca Viana, confirmou ao o nome do ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT), como pré-candidato a vice na chapa encabeçada por Mauro Mendes (DEM) na disputa ao Governo do Estado. Conforme Viana, o espaço de vice na chapa foi a principal condição para que o PDT recuasse da candidatura majoritária ao Governo.

“É Mauro Mendes [pré-candidato a governador] e Pivetta vice. Isso foi uma exigência do partido porque nós tínhamos ele [Pivetta] como candidato. Nós saímos da candidatura ao Governo para abrir espaço para ele [Mauro Mendes] e nós exigimos a vaga de vice”, destacou Viana.

“É Mauro Mendes [pré-candidato a governador] e Pivetta vice. Isso foi uma exigência do partido porque nós tínhamos ele [Pivetta] como candidato. Nós saímos da candidatura ao Governo para abrir espaço para ele [Mauro Mendes] e nós exigimos a vaga de vice”, destacou Viana.

Em recente entrevista ao programa Resumo do Dia, Mendes já tinha manifestado a intenção de formar a chapa com Pivetta.

“Um desses nomes é sim do Otaviano Pivetta que já foi prefeito três vezes de Lucas do Rio Verde, já foi deputado estadual, tem uma grande contribuição e tem uma grande experiência, e essas experiências vividas no campo real da administração pública, poderão ser muito importantes para enfrentar esse enorme desafio que é pegar Mato Grosso nas condições que está", ponderou.

Mendes também destacou que a conversa estaria bem adiantada com o ex-vice-governador Carlos Fávaro (PSD), que ficaria com uma das vagas ao Senado na composição da chapa majoritária.

Se isso se efetivar, o PSD sairá do grupo liderado pelo senador Wellington Fagundes (PR) –  também pré-candidato ao Governo do Estado. Fávaro ainda não confirmou oficialmente a saída de seu partido da chapa republicana.

“O PSD tem demostrado nessa reta final, algumas condições que podem levar a essa definição para PSD”, revelou Mendes sobre a possiblidade de Fávaro ficar com uma das vagas ao Senado na chapa do DEM.  

 

 

 

 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER