05.01.2019 | 07h54


TÉCNICOS X POLÍTICOS

Mauro Mendes evita polêmica e quer resultado de secretários escolhidos

Quatro indicações vieram diretamente de partidos para compor o staff do democrata.


DA REDAÇÃO

O governador Mauro Mendes (DEM) destacou que sua gestão não irá ter tratamento diferenciados com secretários escolhidos de forma técnica e com os indicados politicamente para o cargo. Para o novo governador, o importante para os membros da sua equipe é manter o foco nos resultados que serão cobrados pelo comandante do Palácio Paiaguás.

Segundo ele, os secretários receberão a mesma orientação. “A classe política é importante, vivemos em uma democracia, mas temos que trabalhar e entregar o melhor resultado. Temos que atender bem a todos, mas temos que dar resultado, temos que focar nas ações, fazer um bom planejamento e trabalhar muito para entregar resultado”, disse o governador.

No staff de Mendes, foram quatro indicações políticas claras. A primeira do deputado estadual Allan Kardec indicado pelo PDT para cuidar da pasta de Cultura, Esportes e Turismo; a segunda de Milton Borgatto, indicado pelo PSD de Carlos Fávaro, para comandar a pasta de Ciências, Tecnologia e Inovação; a terceira de Cesar Miranda de Lima que foi indicado pelo DEM para a pasta de Desenvolvimento Econômico; e quarta do deputado estadual Silvano Amaral, indicado pelo MDB para o comando da Agricultura Familiar.

Com a ida de Allan para o governo Mendes ele abrirá vaga na Assembleia Legislativa para Romoaldo Júnior, contemplando mais uma vez o MDB do deputado federal Carlos Bezerra, que chegou a anunciar o rompimento com o Governo Mauro, mas voltou atrás.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER