07.10.2018 | 18h03


VIRADA ESPETACULAR

Juíza Selma Arruda e Jayme Campos são eleitos senadores de MT

Juíza aposentada superou expectativas e deve ser a mais votada.


DA REDAÇÃO

Com 100% das urnas apuradas, a juíza Selma Arruda (PSL) está matematicamente eleita senadora da República como a mais votada de Mato Grosso. A então candidata recebeu 24,65%, o equivalente a 678.542 dos votos válidos.

Para a segunda vaga, os mato-grossenses escolheram Jayme Campos (DEM) com 17,82%, o que representa 490.699 votos.

Logo após o anúncio, Selma foi ao Centro de Eventos Pantanal, em Cuiabá, onde ocorreu a apuração dos votos das eleições. A senadora eleita afirmou que sua vitória, em primeiro lugar, mostra que as últimas pesquisas não tinham credibilidade e que, agora, o foco é eleger o candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL), no segundo turno, contra Fernando Haddad (PT). 

“Nossas pesquisas internas apontavam essa minha liderança. As pesquisas que foram publicadas nos últimos dias não tem credibilidade. Eu sou a senadora do Bolsonaro e tenho por obrigação e lealdade encampar a campanha dele”, disse.

Selma Arruda aproveitou para desabafar sobre as polêmicas em que se envolveu durante a campanha, principalmente, com o então candidato Nilson Leitão (PSDB) devido a um racha na coligação. 

“Estou muito feliz e agradecida ao povo de Mato Grosso e sei que essa foi uma resposta sincera da população, que fugiu de todas as fake News e das calunias que falaram a meu respeito. O povo não é mais bobo”.

Carlos Fávaro (PSD) recebeu 15,80%; Adilton Sachetti (PRB), 12,10%; Nilson Leitão (PSDB), 12,00% Procurador Mauro (Psol) 8,21%; Professora Maria Lucia (PC do B), 6,26%; Dr. Waldir Caldas (Novo), 2,60%; Aladir (PPL), 0,34%; e Gilberto Lopes (Psol) com 0,22%. Os dados podem sofrer alteração devido a apuração não está concluída.

Jayme Campos também agradeceu a todos que confiaram em sua proposta e afirmou ter convicção de que defenderá os mato-grossenses no Senado Federal.

“Estou preparado, tenham certeza disso. Vou lutar pela educação para fazer um Brasil melhor com mais oportunidades e justiça social”, disse.

Em relação às pesquisas eleitorais, o senador eleito declarou que o “Brasil inteiro mudou e não seria diferente em Mato Grosso. Nós vencemos a eleição, mas houve realmente um grande número de abstenções, votos nulos e brancos”. 

Clique aqui e acompanhe a apuração de votos das Eleições 2018 MT ao vivo. 

 

Leia mais:

Selma rompe com Taques e Leitão; não tenho disposição para ficar no mesmo palanque

Selma: 'Me excluíram de forma ilegal e covarde'; veja vídeo

Leitão teria convencido procurador a desistir de governo para rachar voto de Selma

 



 











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

alexandre  08.10.18 14h24
o PSDB tomou o castigo das urnas....leitão idem...

Responder

2
0
Eleitor   07.10.18 19h46
Lamentável a reeleição do coronel. Não me representa.

Responder

5
1

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER