15.04.2017 | 16h13


CIDADÃO MATO-GROSSENSE

Advogado critica título dado a Lula pela Assembleia Legislativa

Nesta semana o deputado Valdir Barranco homenageou o ex-presidente como título, que virou motivo de crítica do membro do Movimento Brasil Livre.


DA REDAÇÃO

Em meio ao escândalo de corrupção que as delações da Operação Lava Jato revelaram sobre os governos do PT, chamou a atenção em Mato Grosso, o fato do deputado estadual Valdir Barranco (PT) ter homenageado o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) com o título de cidadão mato-grossense.

"Dar Título de Cidadão Mato-grossense a ele nesse cenário é chamar todos os mato-grossenses de bandidos, propineiros e desonestos", disparou.

A proposta aprovada pela Assembleia Legislativa, em primeira votação, na última quarta-feira (12), tem relatoria da deputada Janaina Riva (PMDB) e tem sido duramente criticada por membros de movimentos de combate à corrupção, como o advogado Ulisses Moraes que é membro da Organização Não Governamental (ONG), Movimento Brasil Livre (MBL). 

Indignado, o advogado publicou um vídeo na internet no qual ele destaca a ficha extensa de envolvimento do ex-presidente em esquemas de corrupção.

"Dar título de cidadão mato-grossense a ele nesse cenário é chamar todos os mato-grossenses de bandidos, propineiros e desonestos", disparou.

Somente na última lista de processos de delações relacionadas à Construtora Odebrecht constam seis pedidos de abertura de inquérito contra Lula, que teria exigido mais de R$ 40 milhões em propina.

"E isso vale também para todos os deputados que aprovaram esse absurdo, mesmo sabendo que isso vem de encontro é caminho errado. Isso é humilhar os mato-grossenses que vivem nessa terra e lutam por um país mais justo", argumentou.

A proposta do deputado Valdir Barranco argumenta que Lula colaborou com ações relevantes ao Estado.

Ulisses ressalta que com a medida o deputado parece achar a conduta normal, já que está agraciando o ex-presidente.

"E isso vale também para todos os deputados que aprovaram esse absurdo, mesmo sabendo que isso vem de encontro é caminho errado. Isso é humilhar os mato-grossenses que vivem nessa terra e lutam por um país mais justo", argumentou.

Lula é apontado nas delações da Odebrecht como o principal articulador e beneficiário de esquema de corrupção instalado na Petrobras.  O ex-presidente é alvo de cinco ações penais, sendo que três estão no processo de investigação da Operação Lava Jato, uma na operação Zelote e uma na operação Janus. Além disso, também foi investigado no esquema Mensalão.

Três processos correm no Distrito Federal e dois em Curitiba. 

 

Veja vídeo:

 

 

 

 

 











(5) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Michelle   20.04.17 19h35
Não acredito que os outros 23 deputados não coibiram esse tapa na cara da população de Mato Grosso. Eu não concordo com um deputado ganhar mais de 1 milhão por ano pra fazer a defesa (homenagem) um réu que causou tanta desgraça no Brasil.

Responder

3
1
Jonkel Magalhães  19.04.17 11h13
Esse Valdir Barranco está querendo um minuto de fama! Não faz nada para a população e perde tempo fazendo e falando asneiras.... Foi muito infeliz, homenagear o maior ladrão da história do nosso país!!!! estamos bem representados!!!! e falta do que fazer.....

Responder

8
1
Cpa  17.04.17 17h16
Antes chamavam os petistas de agitadores .hoje esse MBL NSO PASSAM DE SER AGITADORES TBEM.PEDIRAM FORA DILMA.E AGORA COM TEMER FICAM CALADOS. TODOS OPORTUNISTAS.

Responder

7
10
Zé Guaporé  17.04.17 13h01
Lula nunca ganhou uma eleição em MT. Os mato-grossenses nunca o prestigiou em nenhuma eleição. Agora vem um deputado que ganhou a eleição no tapetão, propondo titulo de cidadão ao ex presidente? Por que? como? Ai daquele deputado que aprovar o projeto!

Responder

16
6
Sebastian  17.04.17 10h54
A AL-MT tá cheio de bandidos da mesma laia que o Lula. É até normal este tipo de atitude como desse indivíduo chamado Valdir Barranco. Pena que essa proposta DESBARRANCA qualquer cidadão de bem do meu querido Estado de Mato Grosso, pois tenta-se fazer mato-grossense através de título, um pilantra que se fez algo pelo estado, foi ao custo de muita roubalheira. Mato Grosso e principalmente o cidadão mato-grossense não merece passar uma vergonha dessas. Irei pessoalmente na AL-MT pra achincalhar esse molusco, caso ele tenha a ousadia de vir receber. É uma afronta à nossa inteligência e senso crítico.

Responder

15
6

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER