08.06.2019 | 14h40


CRUELDADE SEM FIM

Mãe é acusada de ter matado e esquartejado bebê de 3 meses por ritual de magia negra

O criem foi registrado no município de Itapecuru Mirim, no interior do Maranhão; mulher foi presa.



Uma mulher foi presa suspeita de ter matado e esquartejado o próprio filho em Itapecuru Mirim, no interior do Maranhão. De acordo com a Polícia Civil, Patricia Maria dos Santos é suspeita de ter cometido o crime em ritual de magia negra. O corpo do bebê de três meses foi encontrado, no dia 31 de março, no Povoado Vinagre, com a cabeça e membros separados do torso.

Segundo a corporação, as investigações após a descoberta do corpo da vítima primeiro levaram à prisão dos pais de Patrícia, Jackson Matos Pereira, de 40 anos, e Marilene dos Santos Menezes, de 45. Eles foram identificados por um vídeo em que o carro de Jackson aparece nas proximidades de onde o bebê foi encontrado. Questionado, o homem afirmou que jogou algo fora, dentro de saco, mas que não sabia que se tratava de um corpo de uma criança. Jackson disse que pensou que fossem pedaços de carne podre.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

R$ 65 MILHÕES

Você é a favor ou contra o corte de Bolsonaro no orçamento da UFMT e IFMT?

Sim, só produzem baderna

Não, vai piorar o nível dos cursos

Sim, a maior parte do gasto é com altos salários de servidores

Não, deveria aumentar os investimentos

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER