11.08.2017 | 16h13


VEJA O VÍDEO

Fisiculturista morre ao dar salto 'mortal para trás' para animar pláteia

O vídeo mostram o momento em que o atleta entra na arena confiante e interagindo com o público, sob aplausos, após ser anunciado por um locutor.



Um fisiculturista morreu quando tentava realizar uma acrobacia para animar a plateia durante uma competição na África do Sul. Ele quis dar um "salto mortal para trás", mas caiu no chão de mau jeito e teve o pescoço quebrado pelo impacto da queda.

A tragédia aconteceu no sábado, segundo sites de notícias como o britânico "Daily Mail". Natural da região de Umlazi, Sifiso Lungelo Thabete era campeão mundial da Federação Internacional de Fisiculturismo (IFBF, na sigla em inglês) na categoria de 75 kg.

As imagens da morte do sul-africano, gravadas durante o evento, estão circulando pelas redes sociais. O vídeo mostram o momento em que o atleta entra na arena confiante e interagindo com o público, sob aplausos, após ser anunciado por um locutor.

Ao iniciar o movimento conhecido como 'mortal para trás', o que segundo relatos ele fazia habitualmente antes de suas apresentações nos torneios, Thabete cai de forma inesperada, batendo com as costas e a cabeça no chão. Não houve oportunidade de socorro. O caso chocou a comunidade do fisiculturismo.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER