11.06.2019 | 14h37


PROCURADO PELA POLÍCIA

Assassino de ator Rafael Miguel é 'violento' e 'pavio curto', diz esposa

Segundo a polícia, Paulo Cupertino Matias não aceitava o namoro de sua filha com o ator; antes de atirar, homem disse ao rapaz: 'Por que você não falou comigo antes?'.



O assassino do ator Rafael Miguel é “violento” e “pavio curto”, segundo informou a mulher dele em depoimento à Polícia Civil na segunda-feira (10). A TV Globo teve acesso ao conteúdo do depoimento prestado no 98º Distrito Policial (DP), no Jardim Miriam, Zona Sul de São Paulo.

O comerciante Paulo Cupertino Matias, de 48 anos, cometeu o crime em frente à casa onde sua filha vive com a mãe, no bairro da Pedreira, na Zona Sul. O homem é procurado pela polícia.

Segundo a investigação, Paulo não aceitava o namoro de sua filha, Isabela Tibcherani, de 18 anos, com o ator de 22 anos, e atirou no jovem e nos pais dele, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50 anos.

Em seu depoimento, Vanessa Tibcherani, de 39 anos, disse que, no relacionamento de 21 anos que tem com Paulo, ele “já a agrediu diversas vezes”. “Era costumeiro isso”, disse.

Ainda segundo Vanessa, o homem costumava também bater em Isabela e no outro filho deles, que tem 13 anos.

O crime

Vanessa contou que, na manhã do crime, Paulo chegou em sua casa “e perguntou pela Isabela dizendo: ‘Cadê a sua filha?’”. Ela procurou pela menina, e notou que a jovem “tinha saído sem seu conhecimento”. Novamente, Paulo perguntou: “Cadê a Isabela?”, e, em seguida, deixou a residência acompanhado do filho mais novo.

A mulher tentou ligar para a filha, mas não foi atendida. Depois, ligou para Rafael, e a mãe do ator a atendeu, dizendo que o filho havia saído para se encontrar com a namorada. “Depois, a Mirian [mãe do ator] ligou avisando que estava chegando com seu marido, João, o Rafael e a Isabela para conversar sobre o namoro deles.”

O pai de Isabela chegou em seguida e ficou na sala, novamente questionando sobre o paradeiro da filha. Quando viu o carro da família de Rafael chegando, Paulo foi até o portão e puxou a jovem pelo braço dizendo “vem pra dentro”.

Segundo Vanessa, o marido olhou para Rafael e disse: “Por que você não falou comigo antes” e, rapidamente, “já sacou a arma de fogo e efetuou disparos contra Rafael, a mãe e o pai dele”. Ele fugiu em seguida em seu carro.

A mulher contou que ela e sua filha tentaram socorrê-los, “mas não conseguiu, vendo todos eles falecerem em sua frente”.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER