MORTE, DIVÓRCIO, DEPRESSÃO

É possível lidar com eventos traumáticos e sair deles: Veja entrevista

A psicanalista Adriana Bender alerta sobre a importância do autoconhecimento para superar crises emocionais


Da Redação

Em entrevista ao , a terapeuta em Desenvolvimento Humano e Psicanalista, Adriana Bender, explica como podemos lidar com eventos traumáticos, como morte de familiares, divórcio, depressão pós-parto, e manter uma boa saúde emocional.

O primeiro passo, segundo Bender, é buscar ajuda das pessoas mais próximas para que a dor seja dividida.

"A depressão pós-parto, por exemplo, é grave. Se você percebe que alguém está passando por isso, busque ajuda das pessoas como uma rede de proteção", orienta.

A terapeuta comenta, ainda, que a dor vivida em um processo de luto, por exemplo, pode durar até dezoito meses. Mas os efeitos podem ser minimizados com terapias específicas de acordo com cada caso.

"Ir à terapia deveria ser tão normal como ir para academia. Se você cuida do seu corpo, você também tem que cuidar do seu emocional", argumenta.

O mais importante, segundo Adriana Bender, é deixar a zona de conforto e procurar ajuda. 

Confira a entrevista na íntegra: 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

GESTÃO

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora?

Excelente: MT foi destruído por governos anteriores

Bom: Está enfrentando problemss que ninguém quis enfrentar

Ruim: Não faz reformas de verdade e culpa o servidor

Péssimo: Vai conseguir ser pior que Silval e Taques

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER