25.01.2018 | 17h30


CASAMENTO BLINDADO

Casal não pode esperar crise para fazer terapia, recomenda psicanalista; veja vídeo

Segundo a psicanalista Adriana Bender a paixão do início do relacionamento se transforma com o tempo e a terapia pode auxiliar em qualquer época do casamento


DA REDAÇÃO

Os registros de divórcios crescem no Brasil. Hoje, quase 140 mil casamentos são cancelados por ano, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A terapeuta comportamental e de desenvolvimento humano, Adriana Bender, defende a terapia de casal como uma ferramenta importante de conexão entre os parceiros.

"Somos seres em constante evolução, mudamos diariamente e essas mudanças causam, ao longo do casamento, alguns embates. A terapia auxilia para que as duas pessoas se percebam inteiras, façam o bem para si próprias e para o outro, saibam lidar com essas diferenças", pontuou. 

Segundo a terapeuta, a paixão do início do relacionamento se transforma com o tempo e a terapia pode auxiliar em qualquer época do casamento, não apenas em momento de crise. "No dia a dia começam as cobranças. As regras precisam ser claras e a não solução do problema pontual se soma a um outro e se transforma em um caminhão de problemas".

Para Adriana, a maturidade pessoal envolve autoconhecimento. "Outras vezes, o significado das palavras é diferente para cada um. O se sentir amado tem dois lados, o que eu entendo de ser amado e o que você entende de amar", 

Confira a entrevista na íntegra:

 

 

 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER