CASAMENTO BLINDADO

Casal não pode esperar crise para fazer terapia; veja vídeo


DA REDAÇÃO

Os registros de divórcios crescem no Brasil. Hoje, quase 140 mil casamentos são cancelados por ano, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A terapeuta comportamental e de desenvolvimento humano, Adriana Bender, defende a terapia de casal como uma ferramenta importante de conexão entre os parceiros.

"Somos seres em constante evolução, mudamos diariamente e essas mudanças causam, ao longo do casamento, alguns embates. A terapia auxilia para que as duas pessoas se percebam inteiras, façam o bem para si próprias e para o outro, saibam lidar com essas diferenças", pontuou. 

Segundo a terapeuta, a paixão do início do relacionamento se transforma com o tempo e a terapia pode auxiliar em qualquer época do casamento, não apenas em momento de crise. "No dia a dia começam as cobranças. As regras precisam ser claras e a não solução do problema pontual se soma a um outro e se transforma em um caminhão de problemas".

Para Adriana, a maturidade pessoal envolve autoconhecimento. "Outras vezes, o significado das palavras é diferente para cada um. O se sentir amado tem dois lados, o que eu entendo de ser amado e o que você entende de amar", 

Confira a entrevista na íntegra:

 

 

 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

CONSELHEIRO DO TCE

Mauro Mendes deve aceitar indicação de Maluf para o TCE?

Sim, a vaga é da ALMT

Não, ele é réu e não possui notório saber

Não sei

Não, acatar seria uma vergonha para MT

Sim, Maluf foi indicado em disputa democrática

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER