Cuiabá, 24 de Outubro de 2014

Facebook Twitter Rss
12.04.2012 | 08h18
A- | A+


CIDADES / A JUSTIÇA SOLTOU

Assaltantes de Mato Grosso morrem em acidente em GO

Após três meses presos, a Justiça de MT soltou os criminosos que foram presos roubando uma casa em VG.



Quatro assaltantes que foram presos em flagrante no mês de dezembro, em Várzea Grande, sofreram um grave acidente de carro na semana passada em Goiás. No acidente, dois morreram na hora, e os outros dois foram levados para o hospital particular. Antes que fosse feito o cadastro, os dois pagaram a conta, em dinheiro, e foram embora sem passar por exames. Os médicos suspeitam que os acidentados tenham ido embora com hemorragia e com fraturas. Na cidade, ninguém sabia que se tratava de bandidos.

Eles estavam em uma caminhonete S10, quando o motorista perdeu o controle e saiu da pista, na BR-364, próximo de Mineiros. Morreram na hora, Flávio Augusto Gonzaga do Nascimento, de 21 anos, e Uilson Neli de Souza 31 anos. Wellinton da Silva Moura de 21 anos, André Pacheco Galeano, de 26 anos, foram embora do hospital sem se identificar.

O site Contato10 ao ficar sabendo da rapidez com que as vítimas foram embora do hospital, investigou e descobriu através de matéria publicada com fotos dos bandidos, no RepórterMT, que se tratava de  assaltantes perigosos.

Clique aqui e confira a matéria.

Segundo um policial militar de Mineiros, Edmar Andrade, a polícia suspeita que os bandidos façam parte da quadrilha que, durante a madrugada do acidente, explodiu um caixa eletrônico do Banco do Brasil do município de Itajá. “Tudo indica que foram eles, principalmente pelo modo com que os dois bandidos saíram do hospital, eles temiam ser descobertos pela polícia”, avaliou.

Liberdade

Os quatro ladrões estavam em prisão de regime aberto e não poderiam sair de Mato Grosso. No dia 20 de Março, o Juiz Newton Franco de Godoy deu o alvará de soltura, substituindo a prisão fechada por uma pena de multa no valor de R$ 2 mil. A liberdade só seria aceita mediante algumas determinações do juiz.

“Não sair do Estado; se recolher a partir  das 20h; Não beber e não frequentar bares e prostíbulos; estar com o endereço e o celular atualizados no processo e manter distância de pelo menos mil metros, da vítima.

Assalto em Várzea Grande

Os quatro foram presos por assaltar uma residência no bairro Parque Jatobá, em Várzea Grande, no dia 14 de dezembro. Após uma denúncia, a polícia foi até o local e se deparou com os dois veículos estacionados em frente a casa, sendo que o Flávio encontrava-se no interior de um dos veículos e os demais estavam saindo da residência com os pertences roubados.

Todos foram presos em flagrante. Eles ficaram presos por três meses até a Justiça autoriza a liberdade a eles.

Veja fotos fornecidas pela polícia:
 

 



(2) COMENTÁRIOS









Sebastião Queiroz  12.04.12 11h04
Se a justiça brasileira não faz a parte dela, a outra justiça está fazendo a dela. Pena que não morreram todos. Pois os que sobraram certamente que vão continuar aterrorizando por aí, já que a IMPUNIDADE dá essa margem para os safados se livrarem da justiça.
Evaldo Steinbach  12.04.12 10h04
SÓ FALTA DOIS MORREREM AGORA, MAIS UNS DIAS E ELIMINAMOS MAIS UMA QUADRILHA, ATÉ DEUS CANSOU DELES E ESTÁ LEVANDO-OS PARA O ANDAR DEBAIXO RSRSRS

TV REPÓRTER