20.03.2017 | 08h45


OPORTUNIDADE

UFMT oferece 1,070 vagas em pós-graduação na modalidade à distância

Os cursos oferecidos são de Informática na Educação, Diversidade e Educação Inclusiva no Contexto das Ciências Naturais, Gestão Pública e Mídias Digitais para a Educação



A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), por meio das Unidades Acadêmicas, da Secretaria de Tecnologia Educacional (Setec) e Universidade Aberta do Brasil (UAB) abriu neste sábado (18) as inscrições do processo seletivo específico para ingresso nos cursos de pós-graduação lato sensu (especialização).

No total, serão ofertadas 1.070 vagas em quatro áreas, distribuídas em 15 polos distribuídos por todo o estado de Mato Grosso – Alto Araguaia, Aripuanã, Barra do Bugres, Colíder, Cuiabá, Diamantino, Juara, Guarantã do Norte, Lucas do Rio Verde, Nova Xavantina, Pedra Preta, Primavera do Leste, Pontes e Lacerda, Ribeirão Cascalheira e Sorriso).

Os cursos oferecidos são de Informática na Educação (280 vagas, em oito polos); Diversidade e Educação Inclusiva no Contexto das Ciências Naturais (240 vagas em oito polos); Gestão Pública (250 vagas em cinco polos); e Mídias Digitais para a Educação (300 vagas em dez polos).

Além da ampla concorrência, existem vagas destinadas a professores e servidores da rede pública de educação, servidores da UFMT e à comunidade de baixa renda. Por isso, no processo de seleção dos candidatos, cada curso estabeleceu critérios específicos na avaliação dos títulos e dos currículos.

A UFMT é pioneira no Brasil em fornecer cursos de educação à distância. Por meio do Núcleo de Educação Aberta e a Distância (Nead), a instituição oferta o curso de Pedagogia desde o ano de 1994. A partir de 2006, com a adesão ao Programa UAB expandiu a oferta para outros cursos.

As inscrições deverão ser realizadas até quinta-feira (23), no site Ingresso EaD da UFMT. O valor é de R$ 30 e o resultado final será divulgado no dia 06 de abril. 

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (65) 3615 8626.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER