17.07.2017 | 10h00


INVERNO CUIABANO

Temperaturas devem continuar baixas durante toda a semana na Capital; confira

A previsão do Inpe é que temperaturas continuem baixas até o sábado, em Cuiabá e região, onde a mínima prevista é de 9 graus e a máxima de 31 graus.


DA REDAÇÃO

Uma massa de ar polar vinda da Argentina chegou à Capital nesta madrugada de segunda-feira (17). O céu amanheceu completamente nublado com garoa, com ventos fortes e temperatura mínima de 15 graus e conforme a previsão do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o frio deve permanecer na Baixada Cuiabana, durante toda a semana.

Na terça-feira (18), a temperatura deve reduzir e os termômetros podem chegar a marcar mínima de 1 grau em Chapada dos Guimarães e 10 graus em Cuiabá. As máximas devem ser de 18 graus e 23 graus respectivamente.

O frio pode ficar mais intenso na quarta-feira (19). A previsão para Cuiabá é de que a temperatura mínima seja de 9 graus e a máxima de 28 graus. O período da noite deve ser de garoa, vento forte e nebulosidade variável. Em Chapada dos Guimarães, a mínima pode chegar a 4 graus. A umidade relativa do ar fica na casa dos 94%.

Na quinta-feira (20) e sexta-feira (21), as temperaturas mínimas devem continuar baixas. A previsão é de 14 e 15 graus na Capital, onde as máximas podem ser de 24 e 26, respectivamente. Não há possibilidade de chuva. Em Chapada dos Guimarães, a mínima pode ficar entre 8 e 10 graus. As noites devem ser de nebulosidade alta, garoa e ventos fortes.

A previsão é que o sol volte a aparecer, no sábado (22), entre muitas nuvens durante certo período do dia, mas nada extremo. A mínima fica na casa dos 14 graus e máxima 31 graus em Cuiabá.

Em Chapada dos Guimarães, o sábado deve ser de muita garoa, ventos fortes e céu completamente nublado. A mínima pode ser de 10 graus e máxima de 28 graus. Não há possibilidade de chuva forte. 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER