Cuiabá, 19 de Fevereiro de 2017

Facebook Twitter Rss
11.01.2017 | 09h19
A- | A+


GERAL / REGISTROU QUEIXA

Representante de MT no The Voice Kids é alvo de racismo na internet

Franciele Fernanda registrou queixa por ter sido vítima de racismo em comentários no Facebook após sua apresentação no último domingo (8)



Reprodução

Clique para ampliar

Franciele Fernanda, 14, apresentou a música Maria Maria no The Voice Kids

A mato-grossense Franciele Fernanda da Silva Cruz, 14, participante do programa musical The Voice Kids, transmitido pela Rede Globo, registrou boletim de ocorrência na tarde desta terça-feira (10), alegando ter sido vítima de racismo nas redes sociais.

Os comentários racistas surgiram após a participação da garota na edição do último domingo (8), quando cantou a música Maria Maria de Milton Nascimento.

A queixa foi registrada na Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI) do Rio de Janeiro, na Zona Norte.

As ofensas teriam sido publicadas em uma postagem do próprio Milton Nascimento que usou o Facebook para elogiar o desempenho de Franciele.

"Fiquei muito feliz quando vi o post do Milton, ainda nem tive coragem de escrever agradecendo a ele. Depois vi as ofensas e fiquei triste, mas também indignada, por isso disse para minha mãe que queria fazer uma denúncia disso. E que outras vítimas, como eu, se inspirem para denunciar também", contou Franciele.

Irineia Prates da Silva, mãe de Franciele disse que fixou chocada com a situação, que nunca tinham enfrentado antes.

A família que saiu de Araputanga, no Oeste de Mato Grosso, mora no Morro do Vidigal, no Rio de Janeiro, desde 2016. A mudança ocorreu em busca de oportunidades para a garota, no ramo musical.

"Primeiro pensei que era coisa de criança, mas quando vi que um homem adulto estava fazendo isso fiquei muito chocada e resolvi apoiar minha filha. Nunca passamos por isso aqui ou em nossa terra natal, é tudo muito triste", disse ela.

The Voice

Em sua apresentação, Franciele viu todos os técnicos virarem suas cadeiras em segundos no palco.

Ela disse que escolheu a canção em homenagem à mãe e a todas as mulheres. “Todas as mulheres são Marias”, disse.

O técnico Carlinhos Brown virou a cadeira primeiro e disse ter se “arrepiado" com Franciele.

Ivete Sangalo, que foi escolhida de Franciele, destacou a maestria da menina de MT.

 

“Quem vai cantar Elis tem que saber se portar como Elis e foi isso que vi”, disse Sangalo.



(1) COMENTÁRIOS









Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Ana Cláudia  11.01.17 10h31
Affffffffff de novo com esse papinho???? NOJO.

Responder

1
1

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER