22.04.2019 | 13h30


SEMANA SANTA

Operação registra 23 acidentes com 32 feridos nas rodovias de MT

Dados comparados aos números do ano passado revela 50% de redução nos casos de mortes.



A Operação Semana Santa, que durou quatro dias, registrou em Mato Grosso, 23 acidentes, que resultaram em 32 feridos e duas mortes. 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) constatou que no feriado deste ano, houve maior número de infrações nas rodovias de Mato Grosso, porém, menor número de acidentes e redução de 50% nos casos de mortes.

O acidente do tipo colisão frontal, que vitimou uma mulher de 32 anos ocorreu na noite de quinta (18), no km 156 da BR-174, em Glória D’Oeste. Ela era passageira do veículo Classic que seguia no sentido Rondônia – Mato Grosso quando foi atingido por um Corolla que teria invadido a pista contrária.

Também na noite de quinta-feira, um homem não identificado foi atropelado no km 93 da BR-070, em General Carneiro. O veículo envolvido não foi encontrado no local. Na operação do ano passado, de 29 de março a 1º de abril, a PRF em Mato Grosso registrou 35 acidentes, que resultaram em quatro mortos e 34 feridos.

A presença da PRF em vários pontos das rodovias orientando e alertando sobre os perigos das condutas imprudentes no trânsito sensibilizaram muitos condutores, porém houve um aumento no número de infrações. 1.022 motoristas foram autuados por condutadas contrárias ao CTB. Foram recolhidos por irregularidades diversas 42 CNHs e 131 CRLVs.

Mais uma vez o excesso de velocidade e as ultrapassagens indevidas lideraram o ranking das condutas perigosas observadas pelos agentes. Os radares portáteis registraram imagens de 1.629 veículos circulando acima da velocidade permitida na via. Na BR-364, em Rondonópolis, os radares flagraram veículos a 175 km/h, 162 km/h, onde a máxima é de 110 km/h para automóveis. Já outros 105 motoristas serão autuados por ultrapassarem em locais proibidos

Os policiais flagraram 36 motoristas e 41 passageiros que seguiam viagem sem o uso do cinto de segurança. A fiscalização quanto ao uso dos dispositivos de segurança necessários no transporte das crianças foi intensificada e 20 condutores foram autuados por estarem transportando crianças sem a “cadeirinha”. Para coibir a alcoolemia ao volante, 1.237 testes do etilômetro foram realizados e resultaram em 41 autuações.

Dos flagrantes de alcoolemia, 13 motoristas tiveram que ser encaminhados para a Polícia Civil por apresentarem concentração de álcool superior a 0,34 mg/l, o que é considerado crime pelo CTB. No total, as ações de combate à criminalidade resultaram em 34 pessoas detidas pelo cometimento de crimes diversos, entre eles veículo e documento adulterados e crimes ambientais.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER