18.04.2017 | 15h40


VÍTIMA DA HIDROCEFALIA

Morre Maria Clara, a menina que comoveu Mato Grosso

Menina estava internada há cerca de dois meses, após uma cirurgia. Ela não respondia mais ao tratamento e estava muito debilitada.


DA REDAÇÃO

Morreu na segunda-feira (17), em Cuiabá, a menina Maria Clara, de apenas cinco anos, que sofria de hidrocefalia. Ela estava internada há cerca de dois meses no Pronto-Socorro da Capital.

De acordo com informações do pai da menina, ao , Claudemir Dias, ela expeliu uma válvula, que auxiliava na drenagem do líquido, e foi levada para o Pronto-Socorro, onde foi submetida a uma cirurgia para a implantação de uma nova válvula, porém externa.

Cerca de dois meses após a cirurgia ela vinha apresentando dificuldades para se alimentar. O pai relatou que ela não estava reagindo ao tratamento e estava fraca.

O corpo está sendo velado na Funerária Floresta até a quarta-feira (19). O sepultamento ocorre às 08h30 no cemitério municipal de Alta Floresta (786 km de Cuiabá).

Desde 2014 o acompanhou o caso de Maria Clara e o esforço de Claudemir para conseguir um tratamento digno para a filha.

Ele cuidava da menina sozinho após a mãe ter abandonado a Maria Clara e os cinco irmãos dela, quando a menina tinha pouco mais de um ano.

Maria Clara foi diagnosticada com hidrocefalia aos três meses de idade e médicos diziam que ela só teria em média 40 dias de vida a mais.

Os outros cinco filhos de Claudemir moram com os avós paternos em Alta Floresta. Ele e a menina viviam a batalha do tratamento em Cuiabá há cerca de três anos.

Claudemir e a filha sobreviviam com R$ 880 referente à pensão do INSS de Maria Clara. Com este recurso, ele também tinha que ajudar na criação dos outros cinco filhos. Os dois dependiam da ajuda de instituições e de doações para sobreviver.

Desde 15 de julho de 2014, após passar pela última cirurgia, Maria Clara contava com serviço home care oferecido pelo Governo do Estado e com apoio de profissionais da saúde que a atendiam em casa. 


Saiba mais: 
Pai busca tratamento para filha doente em MT; conheça a história de Maria Clara

Pai denuncia descaso para conseguir exame para menina com hidrocefalia

Pai que abandonou tudo para cuidar da filha com hidrocefalia dá 'aula' de amor

Ela não anda, não fala e só se alimenta por sonda; pai pede socorro para tratamento

Melhora quadro de saúde de Maria Clara, que luta contra hidrocefalia

Retorno de criança com hidrocefalia para Alta Floresta é descartado pelos médicos

Criança precisa de nova válvula para drenar líquido entre o crânio e o cérebro

Abandonado pela mulher, homem luta pela sobrevivência da filha com doença grave

 

 

 

 

Galeria de Fotos:
Credito: RepórterMT
Credito: RepórterMT
Credito: RepórterMT
Credito: RepórterMT
Credito: RpMT
Credito: RepórterMT
Credito: RepórterMT
Credito: RepórterMT
Credito: RepórterMT










(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Priscila  18.04.17 21h29
Esse é um pai que merece o respeito de todos, apesar das dificuldades lutou para que sua filha tivesse uma qualidade de vida melhor... parabéns por ser um excelente pai..

Responder

50
0
Fucile  18.04.17 17h23
Este pai é um herói, exemplo de dedicação. Deus abençõe

Responder

49
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER