15.04.2019 | 17h10


PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA

Menino de cinco meses morre após aguardar 10 dias por vaga na UTI

Hospital Municipal improvisou o entubamento da criança com equipamentos emprestados de unidades de saúde privadas, mas o bebê não resistiu.


DA REDAÇÃO

Um bebê de cinco meses morreu após sofrer uma parada cardiorrespiratória, no Hospital Municipal de Tangará da Serra (a 242 km de Cuiabá). O menino esperava por esperava por uma vaga na Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) há 10 dias. A morte ocorreu no domingo (14).

O  bebê foi internado no dia 3 de abril com anemia e sofreu piora, enquanto aguardava a transferência para a UTI.

A criança havia dado entrada em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) há quase 20 dias, com um quadro severo. Ele também foi diagnosticado com infecção pulmonar.

Segundo a Secretaria de Saúde do Município, Nycholas tinha uma saúde frágil desde que nasceu e todo o período que esteve na unidade teve o atendimento necessário.

Para manter o menino entubado, foi necessário improvisar uma estrutura e emprestar aparelhos de hospitais particulares na cidade.

Procurada pelo , a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) informou que não poderia responder sobre o caso sem o número do cartão do SUS do bebê, ou o nome completo da mãe.

Foi enviado o nome da mãe do menino, mas até o fechamento dessa reportagem a SES não deu retorno sobre o caso.

 

Leia mais

Bebê morre durante parto e família denuncia hospital por negligência 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

Enquete

GESTÃO

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora?

Excelente: MT foi destruído por governos anteriores

Bom: Está enfrentando problemss que ninguém quis enfrentar

Ruim: Não faz reformas de verdade e culpa o servidor

Péssimo: Vai conseguir ser pior que Silval e Taques

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER