26.09.2015 | 10h15


"POLIAMOR"

Mato-grossenses vivem casamento a 3 e afirmam que 'são felizes e dá certo'

No dia a dia, eles fazem tudo junto. Cinema, chopinho, almoços em casa, sexo e conversas. O relacionamento começou entre Klinger e Paula, que depois conheceu Angélica a levou para a relação.


DA REDAÇÃO

Destaque no programa Amores Livres, do 'canal fechado' GNT, três mato-grossenses vivem um casamento bem diferente do convencional.  Klinger, Paula e Angélica são um “trisal”, ou seja, um relacionamento amoroso a três. Eles afirmam que "são felizes e dá certo".

As duas mulheres do “trisal” são de Cuiabá e Klinger é natural de Barra do Garças, na região do Araguaia. Após morarem um tempo na capital mato-grossense, mudaram-se há três anos para Jundiaí em São Paulo.

Tudo começou porque Paula era amiga da irmã de Klinger. Conheceram-se e começaram a namorar, foram morar juntos, até que Paula, por sua vez, conheceu Angélica, via internet e a levou para relação.

Tudo começou porque Paula era amiga da irmã de Klinger. Conheceram-se e começaram a namorar, foram morar juntos, até que Paula, por sua vez, conheceu Angélica, via internet e a levou para relação.

“Senti que elas tinham muitas coisas em comum e se gostavam muito e eu me senti bem”, comenta Klinger. “Além disso, as duas são lindas”.

Depois de tempo juntos, nenhum deles se vê fora do triângulo amoroso.

“Eu me sinto casada”, diz Angélica. Um casamento no qual, segundo os três, não cabe monotonia.  “A gente está sempre fazendo coisas diferentes”, afirma Angélica.

“O casamento, depois de um certo tempo, não tem aquele fogo da paixão, na nossa relação isso dura mais. Seja na cama, seja em programas que a gente sai para rua ou quando a gente vai viajar, não tem rotina”, afirma Klinger.

"O amor que eu sinto por eles não tem diferença, eu amo o Klinger assim como amo a Angélica, amar é cuidar, e a gente se cuida muito”, afirma Paula.

Paula afirma que o relacionamento deles é igual a um convencial no sentido do amor e da rotina. “O amor que eu sinto por eles não tem diferença, eu amo o Klinger assim como amo a Angélica, amar é cuidar, e a gente se cuida muito”, afirma.

Outra coisa que é igual ao se dar de forma espontânea e natural é a vida sexual. No princípio, eles faziam sexo a dois, mas as mulheres do “trisal” chamavam Klinger para participar e ele não aceitava, até que isso mudou e depois disso sempre acontece assim, ninguém de fora.

No dia a dia, os três fazem tudo junto. Cinema, chopinho, almoços em casa, sexo e conversas. Exceto trabalho, que cada um tem o seu. Criaram uma página no Facebook, como outros casais, para postar momentos da vida. Veja a página dos três aqui.

Klinger, Paula e Angélica são adeptos do "poliamor", um conceito que ainda choca bastante a família tradicional e até mesmo os mais progressistas, mas já tem adeptos em todo o mundo.

“Sim. É diferente sim. Para a gente é normal. Mas entendemos que pra sociedade como um todo não é”, admite Klinger.

“Sim. É diferente sim. Para a gente é normal. Mas entendemos que pra sociedade como um todo não é”, admite Klinger.

Poli, radical grego, quer dizer vários. Então poliamor é a aceitação de que o ser humano pode amar, com conotação afetiva e sexual inclusive, ao mesmo tempo, mais de uma pessoa.

O poliamor se contrasta com a monogamia.

No entanto não se trata de sair por ai, se relacionando sem compromisso com várias pessoas. Mas sim ter mais de um parceiro, com o consentimento do outro.

Os adeptos afirmam que as relações são éticas e responsáveis e não têm nada a ver com traição. Além disso já existem pesquisadores estudando o assunto e legisladores mudando pactos sociais, para que casamentos deste tipo possam ser reconhecidos formalmente, assim como filhos que possam nascer nestes núcleos.

Klinger, Paula e Angélica ilustraram o último espisódio do programa Amores Livres, da GNT, que exibe histórias de outras formas de casamentos nada convencionais, na lógica do poliamor.

 

 

Galeria de Fotos:
Credito: Facebook
Credito: Facebook
Credito:
Credito: Facebook
Credito: Facebook
Credito: Facebook
Credito: Facebook










(8) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Kellen  01.03.17 15h11
Gostaria de saber se ainda estão juntos e se em algumas situações ela quer só sair com uma é em outra situação sair só com a outra. E se rola ciúmes de um com outro em relação a tratamento.

Responder

0
0
RENAN  30.09.15 14h30
Eduardo Alexandre Santi, se você conhecesse de verdade o klinger não diria isso TOMA CUIDADO COM ELE..CONCORDO COM VOCÊ MARINA, coitada dessa garota quando ele fizer minima coisa para ele ou paula.. ela ta na pica do saci..

Responder

4
0
marina  29.09.15 13h39
CONHECI KLINGER E PAULA, A VERDADE NO RELACIONAMENTO DESSE CASAL É OUTRA, KLINGER É UM HOMEM FALSO, PAULA É UMA MENINA DOCE, MAIS QUE ACEITA TODA A BANDALHEIRA DESSE KINGER.. ELE É UM CARA QUE NÃO ABRE A BOCA PARA SORRIR, NÃO OLHA NOS OLHOS DA GENTE, SÓ FALTA GOLPEAR QUEM ATRAVESSA NO CAMINHO DELE P/SUBIR NA VIDA! O CARA NÃO É NADA DO QUE DEMONSTRA É VINGATIVO, E MENTE DEMAIS.. NÃO VOU AQUI DIZER QUE É TUDO LINDO PORQUE É MENTIRA.. NÃO SOU DEMAGOGA!

Responder

4
0
Cleber  28.09.15 13h14
O ser humano é surpreendente, casal de três, já ouvi falar de casal de quatro, o correto é casal de dois; Vamos ver até quando essa onda dura...

Responder

0
0
Eduardo Alexandre Santi   27.09.15 00h32
Por acaso tive a sorte de conhecer esse trisal quando fui ao Brasil, e digo são um amor de pessoa. O klinger realmente é um grande amigo, a Paula é muito doce e meiga, a angelica não conheci pessoalmente mas aposto que seja um amor de pessoa, bem espero que esse relacionamento dure para sempre e sejam sempre sempre felizes.. Um abraço

Responder

2
2

Enquete

GESTÃO

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora?

Excelente: MT foi destruído por governos anteriores

Bom: Está enfrentando problemss que ninguém quis enfrentar

Ruim: Não faz reformas de verdade e culpa o servidor

Péssimo: Vai conseguir ser pior que Silval e Taques

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER