11.07.2018 | 18h21


TIROS DENTRO DO BAR

Justiça solta vereador de VG acusado de porte ilegal de arma

Calistro teve a liberdade concedida a partir de um pedido do Ministério Público Estadual (MPE), que entendeu que o parlamentar pode responder o processo em liberdade.


DA REDAÇÃO

O vereador de Várzea Grande, Jânio Calistro (PSD), teve a prisão revogada pela Justiça, no início da noite desta quarta-feira (11). Ele foi preso na terça-feira (10) no bairro Mapim, em Várzea Grande, por porte ilegal de arma de uso restrito. Calistro é policial civil aposentado.

Conforme a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça (TJ-MT), Calistro teve a liberdade concedida a partir de um pedido do Ministério Público Estadual (MPE), que entendeu que o parlamentar pode responder o processo em liberdade. O alvará de soltura foi concedido pelo juiz Abel Balbino Guimaraes, da 4ª Vara Criminal de Várzea Grande.

A prisão de Calistro ocorreu após denúncia de disparos de arma de fogo próximo ao bar "Mané Grande", em Várzea Grande. Ao chegar no local, os policiais encontraram o vereador. Na abordagem, questionaram se ele estava portando uma arma.

O parlamentar respondeu que tinha uma pistola no porta luvas de sua caminhonete, uma S10. No veículo, os policiais encontram uma pistola de calibre 40, com o brasão da Polícia Civil, e quatro munições intactas.

Segundo a Polícia Civil, arma de calibre 40 só é permitida para policiais da ativa e não pode ser utilizada por policial aposentado.

O vereador foi encaminhado para Central de Flagrantes. O delegado plantonista, Eder Santana, autuou o vereador por porte ilegal de arma de fogo.

Lei mais

Vereador de Várzea Grande é preso com pistola

 

 

 

 

 

 

 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

pedro Kuhl  11.07.18 19h15
é triste ver a impunidade ...... me causa vergonha !!!!!

Responder

3
1

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER