12.02.2018 | 14h50


TRAGÉDIA EM FAMÍLIA

Gêmeas e bebê de 7 meses morrem após batida entre Gol e Strada

O acidente fatal ocorreu na MT-423 próximo a Cláudia. O motorista do Gol, que era namorado de uma das gêmeas também morreu na batida.


DA REDAÇÃO

Quatro pessoas – incluindo um bebê de 7 meses - que estavam em um Gol morreram após o carro bater contra uma picape Fiat Strada, na MT-423, entre os municípios de Sinop e Cláudia (568 km ao Norte de Cuiabá). O acidente fatal foi registrado na manhã desta segunda-feira (12).

“A gente acredita que o acidente tenha sido provocado por causa de um pneu que estourou e por isso o veículo saiu desgovernado e entrou na frente da picape, que bateu na lateral do Gol", disse o policial que atendeu a ocorrência.

De acordo com o sargento da Polícia Militar de Cláudia, Norberto da Silva, no Gol estavam o motorista Reginaldo Riguer Machado, de 20 anos, a namorada dele Camila Costa de Oliveira, de 19 anos, a irmã gêmea dela, Carina Costa de Oliveira Marques e o filho dela, de apenas sete meses, Miguel Marques de Oliveira.

O Gol seguia de Cláudia sentido a Sinop, quando em uma curva da estrada o motorista perdeu o controle da direção e invadiu a pista contrária, batendo de frente com a picape, que seguia na direção oposta.

“A gente acredita que o acidente tenha sido provocado por causa de um pneu que estourou e por isso o veículo saiu desgovernado e entrou na frente da picape, que bateu na lateral do Gol. Na pista têm marcas da roda, então por isso pensamos nesta possibilidade”, explicou o policial ao .

O motorista e a namorada dele que estava na frente morreram na hora.

Equipe do Corpo de Bombeiros socorreu Carina, que estava no banco traseiro e o filho dela, mas eles não resistiram aos ferimentos e morreram ao dar entrada no Hospital Regional.

O motorista da picape sofreu somente escoriações leves e estava muito nervoso. Ele não conseguia explicar exatamente como tudo aconteceu.

Com o impacto da batida os dois veículos saíram da pista. O Gol ficou completamente destruído.

Peritos da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) coletaram dados do acidente e encaminharam os corpos das vítimas ao Instituto Médico Legal (IML) de Sinop.

As causas do acidente passam a ser investigadas pela Polícia Judiciária Civil (PJC).

As quatro vítimas são de Sinop e devem ser enterradas na cidade. A jovem Carina era casada e o esposo ainda não divulgou o local e horário do velório. 

 

Outro caso

No domingo (11), quatro pessoas da mesma família - incluindo uma criança de 7 anos - morreram após o carro em que elas estavam, um Peugeot 206, bater contra a traseira de uma carreta, que estava estacionada em uma das ruas principais do município de Cocalinho (923 km a Leste da Capital). As vítimas foram identificadas como Clayton Nascimento Lima, Danielly de 16 anos, Miriam e a menina Ana Luiza.

 

Leia mais

Quatro da mesma família morrem após Peugeot bater em carreta parada

Galeria de Fotos:
Credito:
Credito:
Credito:










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER