23.06.2019 | 08h00


TEMA MIGRAÇÃO

Garota de MT concorre à premiação da ONU com vídeo curta-metragem

O curta-metragem em formato de desenho aborda o tema migração. Caso ela seja selecionada, representará o Brasil na premiação PLURAL + em Nova Iorque.


DA REDAÇÃO

A jovem mato-grossense, Victoria Correa, de 17 anos, produziu um vídeo curta-metragem, que aborda o tema migração e com o qual participa da competição internacional PLURAL +, promovida pela Organização das Nações Unidas (ONU).

O concurso, promovido pela Onu tem o intuito de reconhecer os jovens como agentes de mudança social. Os vencedores irão com todas as despesas pagas, para Nova Iorque (Estados Unidos), participar da cerimônia de premiação.

A competição recebeu curtas-metragens com os temas voltados para migração, diversidade, inclusão social e prevenção à xenofobia. Victoria produziu um “Draw My Life” (um vídeo desenho). Ela escolheu esse assunto, pois avalia que o tema precisa ser melhor compreendido.

A produção foi submetida para a competição e também publicada no seu canal do YouTube, Gnomo Colossal.

De acordo com Victoria, apesar de seu vídeo ter sido produzido em inglês e voltado para o concurso, ela decidiu publicar em sua rede social por se tratar de um tema atual que necessita ser debatido.

O resultado dos vencedores será divulgado no mês de agosto.

Veja o vídeo

 

PLURAL+
A iniciativa é promovida pela Organização Internacional para as Migrações (OIM), uma agência pertencente à ONU e pela Aliança de Civilizações das Nações Unidas (UNAOC).

Foram submetidas produções audiovisuais entre um e cinco minutos de duração, de qualquer gênero (animação, documentário, videoclipe, comédia, entre outros).

Um júri internacional irá escolher um vencedor para cada uma das três categorias, sendo até 12 anos, de 13 aos 17 anos e 18 aos 25 anos. Dos vencedores, um será escolhido pela OIM e a UNAOC para receber o Prêmio Especial para a Prevenção da Xenofobia.

Os selecionados irão para Nova Iorque com tudo pago, para participar da cerimônia de Prêmios PLURAL+, em novembro de 2019. Também participarão de uma série de eventos paralelos para o seu aperfeiçoamento profissional, coproduções e networking.

 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Renata Silva   23.06.19 16h24
Muito boa a matéria, importante ver jovens envolvidos e preocupados com um mundo melhor

Responder

1
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER